Bem vindo ao site Tem Cavalos visitante! Clique aqui para fazer seu Login
Total de 1211 anúncios em nosso site.

Notícias Tem Cavalos

31-072015 --- Marcelo Rizzi é o maior destaque
Com três vitórias, Marcelo Rizzi é o maior destaque das provas de Laço Pé
Ele venceu nas categorias Aberta Júnior, Aberta Sênior e Aberta Castrado.
O competidor Marcelo Rizzi é o grande destaque das provas de Laço Pé do 38º Campeonato Nacional Conformação e Trabalho, que ocorreram no domingo (19/07) e na terça-feira (21/07), em Avaré (SP). Rizzi venceu nas classes Aberta Júnior, Aberta Sênior e Aberta Castrado. Segundo a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), realizadora do evento que vai até o dia 26/07, a modalidade Laço Pé recebeu este ano 355 inscrições.
Laçando com Dancer Spook, filha de Smart Spook e Finely Dancin (Boonlight Dancer), ele alcançou a nota 230, na Aberta Júnior, a maior da modalidade. Perto da marca está Thiago Carvalho, com 224,5, obtidos na Amador, montando Lena Winnin Dunit, filha de Winnin Doctari e Shy Lee NP (Melodys Dunit). Depois aparece João Victor Lucchiari, que chegou a 222,5 pontos na Jovem Principiante, conduzindo Babado Novo Dok NLX, filho de Roosters Tru Luck e Budweiser Dockie MS (Okie Easterwood).

27-07-2015 --- Recorde de pista na 6ª etapa ANTT
a reta final do campeonato 2015, foram distribuídos mais de R$ 17 mil em prêmios e a organização registrou 62 inscrições entre as categorias Feminina, Mirim e Exibição. Foi a 6ª etapa da temporada, que aconteceu de 17 a 19 de julho em São João da Boa Vista (SP), prova promovida e organizada pela Associação Nacional de Três Tambores, em parceria com a EAPIC.
Leticia Mamede Bueno, com Billy Hexton FL, foi a campeã na categoria Feminina. Além do título, marcou o recorde da pista na semifinal de sexta-feira, ao cruzar a fotocélula em 15s367. A soma final dela foi de 46s875, e com a vitória se garante entre as finalistas da temporada.
Ano passado, Gabriella de Faria fez sua primeira participação em uma etapa da ANTT justamente em São João e voltou para casa com o título. Continuou seguindo o campeonato, e em 2015 foi mais uma vez campeã pela categoria Mirim. Montando Extra Baker, ela que é de Goiânia (GO), terminou a etapa com somatória 47s794.
A grande final do Campeonato Nacional de Três Tambores está perto. Falta um mês para que as campeãs de 2015 sejam conhecidas. A final acontecerá na Festa do Peão de Barretos, de 20 a 23 de agosto. A premiação para a campeã Gold Race será de um carro Zero Km.

Outras informações: (17) 8112-7669 / (19) 8119-1661 /www.antt.org.br / contatoantt@gmail.com

15/072015 --- Cavalo Árabe fez público da EAPIC
Cavalo Árabe fez público da EAPIC vibrar nas provas de 3 Tambores e Team Penning

Funcionalidade, agilidade e muita destreza, tríade que resume bem o que aconteceu nas provas de Team Penning e Três Tambores durante a 12ª Exposição Mogiana do Cavalo Árabe, nas pistas da Exposição Agropecuária, Industrial e Comercial de São João da Boa Vista (EAPIC).
Ao todo foram 180 cavalos que se dividiram em participações na 6ª Etapa do Campeonato Avert de Team Penning, na 1ª Etapa do Circuito ANCAF de Três Tambores, além do julgamento de Conformação.
A 12ª Exposição Mogiana´que é organizada pela Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), comprovou que os cavalos de sangue árabe continuam entre as principais atrações da EAPIC, sempre trazendo importante presença de público, torcida e competidores.
Pela 1ª Etapa do Circuito ANCAF de Três Tambores na Categoria Amador os destaques foram Ariela Geremias Caravitta, que conseguiu o 1º e o 2º lugares, com os tempos de 17 segundos e 924 milésimos e 17 segundos e 959 milésimos, montando KENRYO SAMS e MAGNUM SHAREM HVP. O 3º lugar ficou para Jailson Faleiro dos Santos, que fez o tempo de 18 segundos 150 milésimos, montando RAYYAN EL MADAN.
Na Categoria Profissional o vencedor foi Adilson Faleiro dos Santos, que fez o tempo de 17”157 montando RAYYAN EL MADAN e na 2ª e 3ª colocações, o cavaleiro Luis Fernando de Oliveira, com os respectivos tempos de 17”160 e 17”449 e montando SB SADATA e MAGNUM SHAREM HVP, respectivamente.
Luis Fernando de Oliveira também foi o vencedor da Categoria Tira Teima com o tempo de 17”326 montando KENRYO SAMS e o 3º lugar com o tempo de 17”808 montando SB SADATA. O 2º lugar ficou para Eder Soares Nogueira que fez 17”456 montando S-AMIN.
Já pela 6ª Etapa do Campeonato Avert de Team Penning, o 1º lugar ficou com o trio de competidores Mário Henrique da Silva, Luiz Cláudio Nogueira Mollo e João Henrique Nogueira Mollo, de São João da Boa Vista (SP), que completou a prova com o tempo de 20 segundos e 335 milésimos. O trio foi para a pista com os cavalos EL ALBATROZ, ALITA EL LETHFY e GRAN OTAVIANO, respectivamente.
Na 2ª colocação ficou o trio Silvio Prátola Neto, Fábio Prátola e Sérgio Biazzotto Neto, que fez o tempo de 20”495 montando HI MILLENNIUM, REVLON D´STYLE JM e KOSAK SANS. E em 3º lugar o trio Luiz Alfredo Vergueiro, Victor Jabur e Anna Luiza Vergueiro, que registrou o tempo de 20”550 montando MELLOW WHITE, SHAMU DN e CARLTON ELS.
Conforme destacou o vice-presidente de Exposições da ABCCA, Pedro Amaral, a raça árabe vem confirmando sua força como cavalo funcional, com muita destreza e habilidade. A cada competição, verificamos que os tempos estão cada vez mais próximos de outras raças, que participam, nessas modalidades, há muito mais tempo que o árabe.
CONFORMAÇÃO E PERFORMANCE - No julgamento de Conformação, destaque para os campeões; Junior Fêmea SAHARA BALASHA criada pelo Haras Sahara de Matozinhos - MG, Junior Macho CURINGA LA criado por Leandro Aguiar de Araxá - MG, Potranca GLORIOSA HVP e egua BAVIERA HVP criadas pelo Haras Vila dos Pinheiros de Indaiatuba - SP, Potro YPARADISE JM criado pelo Haras JM de Monte Mor – SP e Cavalo SHAKAR PEGASUS criado pelo Haras Pegasus de Porto Alegre - RS
No julgamento de performance, na categoria English Pleasure Maiden Horses, por exemplo, em primeiro lugar CYCLONE RACH, do criador Jamil Saliba e exposto por Rach Stud Agropecuária, Haras Ilha da Chapada, Boa esperança (MG) e em segundo lugar ROYAL PSYCHE JM, do criador e expositor José Alves Filho, Haras JM, de Monte Mor (SP).
Acompanhe e confira os demais resultados das provas do Cavalo Árabe pelo site www.abcca.com.br, ou mais informações pelo telefone (11) 3674-1744.

23-06-2015 --- Com público estimado em 60 mil pessoas
Com público estimado em 60 mil pessoas, Campeonato Nacional QM deve movimentar mais de R$ 7 milhões em Avaré (SP)

Além das almejadas fivelas e troféus, os competidores buscarão uma premiação superior a R$ 1 milhão.

Mais de 60 mil pessoas são esperadas durante o 38º Campeonato Nacional Conformação e Trabalho, que acontece de 18 a 26 de julho, no Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel, em Avaré (SP). A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), estima um público diário de 7 mil pessoas. Segundo dados estatísticos, o evento movimentará mais de R$ 7 milhões na cidade.

O Campeonato Nacional é o maior evento da raça Quarto de Milha no país e promoverá, nos nove dias de campeonato, competições em 18 modalidades. As provas serão realizadas em três pistas. Na primeira ocorrerão as modalidades dirigidas à velocidade (provas cronometradas), como Seis Balizas e Três Tambores, além da Maneabilidade e Velocidade e Cinco Tambores.

A segunda, destinada para a maioria das provas que envolvem bois e bezerros, como a de Laço Cabeça e Pé - Técnico, Laço em Dupla, Bulldog, Team Penning, Laço Individual - Técnico e Cronômetro, Breakaway Roping e a de Performance Halter. A terceira pista está reservada para a Apartação, Western Pleasure, Ranch Sorting, Working Cow Horse, Rédeas e o julgamento de Conformação.

As inscrições seguem abertas até o dia 25 de junho. A expectativa é de que o evento receba 5,3 mil inscritos com a participação de 2,2 mil animais. Além das almejadas fivelas e troféus, os competidores buscarão premiação superior a R$ 1 milhão. Paralelamente, acontece o Campeonato Oficial da American Quarter Horse Association (AQHA), valendo pontos para o ranking de criadores e competidores da raça.

“Além da parte esportiva, os participantes terão a oportunidade de visitar 60 estandes de empresas de ração, produtos veterinários e agrícolas, nutrição, ferrageamento, selarias e equipamentos em geral para cavalo e cavaleiro, bijuterias finas, óticas e vestuário, com destaque para a Bonnet - representante da Grife ABQM”, informou Adriana Moura, responsável pelo Departamento de Marketing.

Segundo Adriana, além da boa comida servida na praça de alimentação, o evento terá mais uma vez a presença dos food-trucks. “Também será uma boa oportunidade dos criadores conhecerem os lançamentos da SUPRA, patrocinadora oficial dos eventos da ABQM. Contamos ainda com o apoio de grandes empresas como a Wrangler e a LS Tractor”, completou Moura.

Leilões movimentarão o mercado quartista

Além das provas programadas, também haverá a realização do Circuito Oficial de Leilões, todos chancelados pela ABQM. Serão nove remates, com a comercialização de mais de 400 animais.

Programação:

Dia 18/07 – 2º Leilão Amigos do Trabalho – 20h
Dia 19/07 – 1º Leilão Haras Mariam & Haras Yoshimura – 16h
Dia 20/07 – 1º Leilão Estrelas do Trabalho – 19h
Dia 21/07 – 9º Parceiros de Raça – 19h30
Dia 22/07 – 3º Leilão JBF Ranch – 19h
Dia 23/07 – 16º Leilão WV – 19h
Dia 24/07 – 2º Leilão Haras Imperial – 20h
Dia 25/07 – 10º Leilão Haras Sacramento – 14h30
Dia 25/07 – 5º Leilão Belinatto & Romanelli – 19h

12-06-2015 --- ABCCH anuncia novidades para a edição 2015 do Festival do BH
Alterações em idades na Exposição, Éguas Competion e Salto em Liberdade

Aguardado com grande expectativa por cavaleiros, criadores, proprietários e amantes do cavalo BH, o X Festival Nacional do Cavalo Brasileiro de Hipismo promete ser ainda maior e melhor que a edição anterior. O evento vem sendo preparado desde o início do primeiro semestre de 2015 com muito empenho pelos dirigentes da ABCCH (Associação Brasileira de Criadores do Cavalo de Hipismo), que já anunciaram importantes novidades para este ano.
Ao todo, serão seis dias de eventos – 3 a 8 novembro – período em que estará novamente reunido na Sociedade Hípica Paulista, em São Paulo, o melhor da criação nacional. Entre as novidades programadas para a edição 2015, a organização do Festival destaca a competição em Salto em Liberdade, premiações de sêmens, sorteio de coberturas dos mais renomados garanhões para os participantes da Exposição Nacional e ainda um jantar de confraternização. Tudo isso além de GP Brasileiro de Hipismo, Final da prova do Circuito CBH de Cavalos Novos e Provas Abertas.
Entre as atrações, a Copa das Nações, que teve sua estreia no ano passado e volta a ser disputada na edição 2015 do Festival. Assim como no ano passado, em todas as provas as equipes poderão ser compostas por cavaleiros de diferentes entidades indicadas pelos haras, mas alguns critérios foram estabelecidos para essas formações. Nas alturas de 0,80m e 0,90m, por exemplo, as equipes deverão ser compostas por cavaleiro/amazona da categoria Salto Iniciante. Nas alturas 1,00m, 1,10m e 1,20m, as equipes deverão ter cavaleiro/amazona da categoria amadora ou cavaleiros/amazonas que não tenham saltado provas oficiais nas alturas acima de 1,15; 1,25 e 1,35, respectivamente. Na Série 1,35m, as equipes deverão ser formadas por cavaleiros profissionais.
- Alterações em idades na Exposição, Éguas Competion e Salto em Liberdade -

Os dirigentes da ABCCH chamam a atenção ainda para as alterações, referentes às idades dos animais que participam das provas. As alterações foram sugeridas e aprovadas pelo Conselho Técnico da entidade.
Segundo os membros do Conselho, essas mudanças foram feitas com o objetivo de aproximar mais as categorias da realidade dos criatórios.
VEJAM AS IDADES E CATEGORIAS:
A Aprovação de Reprodutores compreende cavalos de 2 a 6 anos, considerando cavalos de 2 anos animais nascidos entre 1/8/2012 e 31/7/2013 - (Salto em Liberdade); cavalos de 3 anos para animais nascidos entre 1/8/2011 e 31/7/2012 - (Salto em Liberdade); cavalos de 4 anos para animais nascidos entre 1/8/2010 e 31/7/2011 - (Salto Montado - Altura 1.05m); cavalos de 5 anos para animais nascidos entre 1/8/2009 e 31/7/2010 - (Salto Montado - Altura 1.20m); e cavalos de 6 anos para animais nascidos entre 1/8/2008 e 31/7/2009 - (Salto Montado - Altura 1.25m).
Já a disputa Éguas Competition abrange animais de 2 a 4 anos, sendo considerados de 2 anos animais nascidos entre 1/8/2012 e 31/7/2013; 3 anos para animais nascidos entre 1/8/2011 e 31/7/2012; e 4 anos para animais nascidos entre 1/8/2010 e 31/7/2011.
A Exposição Nacional engloba animas 6 a 12 meses (nascido entre 1/11/2014 e 30/4/2015); 12 a 18 meses (nascido entre 01/05/2014 e 31/10/2014); 8 a 24 meses (nascido entre 01/11/2013 e 30/04/2014) até 24 a 39 meses (nascido entre 01/08/2012 e 31/10/2013).
Na modalidade Salto em Liberdade serão admitidos animais de 2 e 3 anos, considerando de 2 anos aqueles nascidos entre 1/8/2012 e 31/7/2013 e de 3 anos os nascidos entre 1/8/2011 e 31/7/2012.

No site www.brasileirodehipismo.com.br é possível encontrar outras informações, programas, quadro de horários e fichas de inscrições relacionadas ao X Festival Nacional.

09-06-2015 --- Cavalo Árabe movimentará mais uma vez a pista de Cidade


Cavalo Árabe movimentará mais uma vez a pista de Cidade Jardim



A Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) realiza nesta segunda-feira, 8 de Junho, a Corrida Especial Filhos do Vento Sul – Harc Merbership no Jockey Club de São Paulo, na região de Cidade Jardim, na capital paulista.

O páreo acontece a partir das 19 horas e será a segunda prova patrocinada pela Heritage Arabian Racing Club (Harc), entidade internacional com sede em Abu Dhabi, que preza por incentivar o Cavalo Árabe clássico de linhagens tradicionais nas corridas.

E conforme destaca Paulo Saliba, diretor de corridas da ABCCA, este páreo não será de exibição, pelo contrário, o Jockey Club vai abrir sua bolsa para apostas.

“A Corrida Especial Filhos do Vento Sul será um páreo muito emocionante e disputadíssimo na pista de grama de 1.400 metros, onde só competirão animais atletas com até uma vitória. Um indicativo que o cavalo árabe também vem estrelando nas pistas de corrida e demonstrado todo seu potencial e todo seu prestígio no turfe nacional e internacional”, destacou Saliba.

Mais informações sobre o Cavalo Árabe no site www.abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744



Atendimento à imprensa:

21-05-2015 --- Puros Árabes Atentaddo VE e RG Kreta faturam o GP Jamil Saliba e GP Classic Arabian Mares, em São Paulo
Puros Árabes Atentaddo VE e RG Kreta faturam o GP Jamil Saliba e GP Classic Arabian Mares, em São Paulo

As corridas de cavalos do Grande Prêmio de São Paulo ficaram ainda mais emocionantes e disputadas com a inclusão de provas para cavalos da raça Puro-Sangue-Árabe no início de maio no Jockey Club de São Paulo.
Dentro da programação do GP São Paulo, os espetáculos ficaram por conta do terceiro e quarto páreos. O primeiro deles foi com o Grande Prêmio Jamil Saliba, prova realizada com animais sangue árabe de três ou mais anos e apenas machos.
A vitória foi conquistada pelo garanhão Atentaddo VE que venceu o páreo em pista gramada de 2.000 metros com o tempo de 2 minutos e 20 segundos.
Atentaddo VE (Wonderful Boy e Dahaby Na – Padrons Image) criado por José Silvestre Viana Egreja pertence a Nuri Donizetti Jose Haddad foi montado pelo jóquei Waldomiro Biandi sob a preparação do treinador Nelson Souza.
Na segunda colocação ficou Mahogany HVP (Power World Jq e Magnum Rose HVP – Magnum Psyche) com o tempo de 2 minutos e 22 segundos conduzido pelo jóquei M. Ribeiro e treinado por Eduardo Garcia, animal pertencente a Agropecuária Vila dos Pinheiros. E na terceira colocação, Kobi CSM (PR Pamir e Antaquia - Kamaleon) com o tempo de 2 minutos e 23 segundos sob o comando do jóquei Jeane Alves, animal de propriedade de Cláudio Guimarães Ribas.
“Atentaddo VE é um animal diferenciado e muito experiente, com oito anos de idade e com dupla habilidade, corre bem tanto em pista de areia como na de grama. Foi um belíssimo páreo e que me trouxe ainda a honra de homenagear o meu pai Jamil Saliba”, destacou Paulo Saliba, diretor de corridas da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA).
Para Saliba, Atentaddo VE, por se sobressair como um cavalo de corrida de sangue Árabe vencedor, passa a ter totais condições de competir também em GPs fora do Brasil representando as cores da bandeira brasileira no exterior.
ARABIAN MARES - Já no GP Classic Arabian Mares, em páreo só para éguas, o destaque ficou para RG Kreta(Caceres CSM e Campanha CSM - Eksport), que venceu a prova de 1.600 metros em pista de grama com o tempo de um minuto e 53 segundos.
RG Kreta foi montada pelo jóquei Jeane Alves, animal pertencente a Cláudio Roberto Guimarães. Na segunda colocação ficou HFE Baby Di Rubaj(Gran Rubaj e WN Kartagena - Kameleon), com o tempo de um minuto e 55 segundos, montada por U. Silva, animal pertencente a Ricardo Shimohirao. E em terceiro lugar ficou Zinia VE (Feitizzo Rach e Ebaddinne – Adventure Aladin) com o tempo de um minuto e 56 segundos, animal de propriedade de Stud Magyar Brasil.
Mais informações sobre o Cavalo Árabe no site www.abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744.

Atendimento à imprensa:
STA PRESS
Alexandre Franco
(11) 99620-9408

18-05-2015 --- Genética Árabe brasileira leva o título
Genética Árabe brasileira leva o título de Campeão Supremo Potro no Arabian Breeders World Cup Show



O Cavalo Árabe brasileiro segue somando conquistas internacionais importantes. A mais recente delas foi registrada durante o Arabian Breeders World Cup Show 2015, em Las Vegas, nos Estados Unidos.

O potro de 16 meses Mystery Z, criado no Texas (EUA), pelo brasileiro Luciano Cury, conquistou o título importante ao se consagrar o Campeão Supremo Potro do Arabian Breeders World Cup Show realizado de 16 a 19 de abril, em Las Vegas.

“Mystery Z é filho de égua brasileira (Maris Diva) com o garanhão Americano OFW Magic Wan, de Salim Matar, do Haras Sahara. Este animal jovem foi o campeão dos campeões entre todos os machos jovens vencedores em suas respectivas categorias. Trata-se de um belíssimo animal, muito promissor. Além disso, é um puro sangue árabe com genética brasileira, que já desperta interesse de investidores muito além dos Estados Unidos”, completou Cury.

2º Leilão IntArah Dream Embryo - Em paralelo ao Arabian Breeders World Cup Show o criador brasileiro Luciano Cury organizou a segunda edição deste leilão de embriões somente com as mais importantes matrizes dos principais pedigrees de sangue árabe do mundo.

“Neste leilão tivemos em torno de 600 investidores que nos prestigiaram, sendo 500 norte-americanos e os outros 100 sul-americanos, europeus e sauditas. Inclusive, fomos honrados com a presença do H.H. Sheikh Mohammed Bin Khalifa Al Thani, Xeque do Qatar”, informou Cury.

Na Exposição Nacional do Cavalo Árabe em 2011, o arabista brasileiro realizou o 1º Leilão IntArah Dream Embryo, iniciativa do Grupo IntArah na qual tem como sócios e parceiros o especialista em reprodução animal e médico veterinário Mário Zerlotti além do criador e investidor norte-americano Greg Knowles.

“No primeiro leilão, atingimos média de US$ 56 mil, com 100% dos 35 lotes vendidos. No segundo leilão, nos Estados Unidos, a média foi de US$ 62 mil, também com 100% das vendas dos 18 embriões e seis óvulos”, comemorou Cury.

Mais informações sobre o Cavalo Árabe no site www.abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744.



Atendimento à imprensa:

STA PRESS

Alexandre Franco

(11) 99620-9408

07-05-2014 --- Edevaldo Ferreira conquista pela segunda vez o título em Ribeirão Preto
Edevaldo Ferreira conquista pela segunda vez o título em Ribeirão Preto
Terminou na noite de domingo, 03 de maio, a 11ª edição do Ribeirão Rodeo Music, em Ribeirão Preto (SP).
Conhecido como o rodeio qeu mais cresce no Brasil, e também o evento das multidões, o Ribeirão Rodeo Music teve casa cheia todos os dias.
Na arena um nível elevado de profissionais e muita ação na arena. Nas provas, funcionais foram realizadas duas modalidades, Team Penning e Três Tambores.
Na modalidade Team Penning, Categoria Iniciante, Claudio, Carlos e Cleber com o tempo 22,262 foram os campeões.
Já na categoria aberta, Afrisio Figueredo, Ludi e Cleber com o tempo 17,243 foram os campeões.
Afrisio que já havia vencido Barretos várias vezes nunca ganhou Ribeirão. Ludi e Cleber são pai e filho e Cleber foi campeão nas duas categorias.
Já na modalidade feminina dos Três Tambores, onde foi realizada uma etapa da ANTT – Associação Nacional dos Três Tambores, na categoria mirim, Maria Eduarda Krieck, de Paraty, com a somatória de 48,749 foi a campeã.
Na modalidade feminina, a competidora Marcia Dias de Brasilia (DF) foi a grande campeã com a somatória de 47,118.
Em entrevista ela confessou que não esperava sequer se classificar para a noite, muito menos ser campeã, disse a competidora em tom de: “A ficha não caiu”
Na modalidade Cutiano, modalidade esta que debutou no rodeio de Ribeirão, o competidor de Uchoa (SP), foi o grande campeão. Luciano Henrique somou 263 pontos.
Já na modalidade touros, em etapa da Liga Nacional de Rodeio, Edevaldo Ferreira, de Andradina (SP), ganhou pela segunda vez o evento, e garantiu vaga para a Festa do Peão de Barretos.
Edevaldo que é um fenômeno da montaria em touros com três títulos nacionais, incluindo a Liga Nacional, mas, para ele ainda falta um: Barretos. “Quando eu vim para cá, vim pensando nisso, é um título que me falta e antes de me aposentar quero conquistar, agora é trabalhar e tentar essa conquista na minha carreira” Disse ele ainda na arena.
Ao final do evento, Matheus Calil, um dos organizadores, agradeceu os patrocinadores e comemorou o resultado do evento. “Trazer a modalidade Cutiano era um sonho que agora está realizado.
O Ribeirão Rodeo Music que tem como um dos slogan o “maior espetáculo de Ribeirão Preto”, é sem sombra de dúvidas um dos cinco maiores do Brasil.
Confira os resultados das provas e montarias.
TEAM PENING
Categoria Iniciante
1º Claudio, Carlos e Cleber com o tempo 22,262
2º Rafa, Izac e Gigante com o tempo 20,334
3º José Rafael, Fernanda e Carlos com o tempo 24,364
4º Alam, Claudio e Cleber com o tempo 25,151
5º Bi, Tico e Tio Paulinho com o tempo 25,322
Categoria Aberta
1º Afrisio Figueredo, Ludi e Cleber com o tempo 17,243
2º Turuca, Alceu e Luly com o tempo 17,616
3º Caio, Gui Gonçalves e Carlos com o tempo 17,664
4º Afriso Figueredo, José e Alceu com o tempo 18,390
5º Afrisio Figueredo, Preto e Leonardo com o tempo 18,442
TRÊS TAMBORES
Categoria Mirim
1ª Maria Eduarda Krieck 48,749
2ª Maria Eduarda Silva 49,146
3ª Paula Morandin 50,211
4ª Tarcila Ferguson 50,455
5ª Maria Fernanda Souza 50,631
Categoria Feminina
1ª Marcia Dias com o tempo 47,118
2ª Daniela Andreotti com o tempo 47,186
3ª Tania Saldanha com o tempo 47,236
4ª Melina Thomé com o tempo 47,352
5ª Keila Mendonça com o tempo 47,414
CUTIANO
1º Luciano Henrique com 263,00
2º José Roberto Jr. com 254,00
3º Bráulio Coimbra com 253,50
4º Marcelo Pedro com 252,00
5º Rosinaldo Correia com 251,50
TOUROS - LIGA NACIONAL DE RODEIO
1º Edevaldo Ferreira com 428,25
2º Marcio Aparecido com 416,00
3º Natércio Carlos com 416,00
4º Juarez Terra com 338,00
5º Rodrigo Campos com 257,75
Assista todas as montarias no site www.youtube.com/MinutoDoRodeio
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br
Foto: Thiago Calil

07-05-2014 --- Festa do Peão de Indiaporã
Festa do Peão de Indiaporã recebe etapa da Ekip Rozeta

Entre os dias 06 e 09 de Maio, o município de Indiaporã (SP), realiza Festa do Peão, em comemoração aos 62 anos do município.

O rodeio é uma realização da Prefeitura e Câmara Municipal de Indiaporã e da Comissão Organizadora.

Com aproximadamente quatro mil habitantes, o município está localizado da região de Fernandópolis e é governado por Elaine Alvares Silveira Rocha. O presidente da Festa do Peão é o Sr. Paulo Henrique, o diretor de rodeio é Merlei Geraldo.

O evento realiza rodeio em Touros e em Cutiano. Sendo em touros uma etapa da Ekip Rozeta.

A locução será de Adalto Severo e Oscimar Cutódio. Comentários de Eugênio José e Enrique Moraes (06/10). Locução comercial de Adjunio, Renata Resende e Ronaldo Batista.

Para o rodeio em touros as Cias, Olívio Polizeli de Indiaporã, Scatolin do Washington e Oton de Indiaporã e Cia Paulo Emílio de São José do Rio Preto.

Já no rodeio em Cavalos estilo Cutiano, Cia Paiol de Aparecida do Taboado (MS). Cia Rener Cunha e Cia RJ.

Assessoria do Djair Damasceno. Sistema de imagens e Sonorização Som POP. Fogos Tirinelo de Fernandópolis (SP).

Laçador Rafael Russignoli Pereira. Madrinheira Sandra Frade de Mira Estrela (SP).

Salva Vidas Equipe Catimbal e animador de Arena Botinha.

Julgamento de Ailton Bernardo de Lima de Dracena (SP), e José Milton Cosme, Miltinho de São José do Rio Preto (SP) e Juiz de Brete Baita de Fernandópolis (SP).

Na quarta e quinta-feira entrada franca. Sexta show com Maicon e Renato e no sábado Eduardo Costa.

Por Eugênio José – MTB – 67.231/SP

contato@eugeniojose.com.br

05-05-2015 --- HARAS LGGL

20-04-2015 --- Primeiro dia do 25º Congresso Brasileiro da ABQM premia campeões
Primeiro dia do 25º Congresso Brasileiro da ABQM premia campeões
O Congresso Brasileiro de Conformação e Trabalho da ABQM - Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha, em sua 25º edição, movimentou o primeiro dia de atividades no Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel, em Avaré (SP).
A forte chuva que caiu na cidade de Avaré neste domingo (19), trouxe sorte para a égua de três anos de idade, Everything And More. Vinda de Viamão, estado do Rio Grande do Sul, viajou mais de mil e cem quilômetros para se tornar o grande destaque entre as fêmeas no julgamento de Conformação.
O proprietário e apresentador, Carlo Linsemayer Jaconi, do Haras São Carlo, mostrou seu esforço e paixão na modalidade e leva os troféus de Grande Campeã das classes Aberta e Amador pela ABQM e AQHA.
Ocorreram também acirradas disputas nas provas de Team Penning que totalizaram 118 trios pelo Congresso e 17 pelo Latin American 2015.
Para o segundo dia de Congresso que ocorrerá amanhã, dia 20 de abril, está programado para a pista 1, as provas de Cinco Tambores, Maneabilidade e Velocidade e Seis Balizas. Para a pista 2 a prova será a de Laço de Bezerro Técnico e na pista 3 a prova de Ranch Sorting.

09-042014 --- Estreante no Ribeirão Rodeio Music
Estreante no Ribeirão Rodeio Music o locutor Palito conta sobre sua carreira e sobre o evento

Entre a programação do Ribeirão Rodeo Music uma novidade para esta 11ª edição. Na arena será realizada pela primeira vez montarias em cavalos no estilo Cutiano.
Para narrar esta modalidade tradicional, um locutor que leva a tradição ao pé da letra. Ele é sertanejo ao extremo, vive longe da tecnologia, cria os versos e frases engraçados com a linguagem natural do campo, da roça, onde foi criado e vive até hoje.
Estou falando do locutor que narra o rodeio em Cutiano em Barretos desde 2005, completando uma década este ano: ‘Palito’.
Para entender a simplicidade e como ele é um conservador tradicional, ‘Palito’ mora em sua propriedade em Espirito Santo do Pinhal, interior de São Paulo, mas ele gosta de dizer que mora na roça.
Fora do rodeio é criador de peixes. “Eu tenho a mão calejada de carpir, então pra falar que é da roça precisa provar, não só falar” Já explica ele.
Aos 49 anos de idade ele é solteiro. Assustado, perguntei porque não se casou! “Eu não vou querer mulher me xingando porque viajo, quando eu parar de narrar, daqui onze anos, essa é minha intenção, ai vou pensar no assunto. Já sofro demais com umas namoradinhas me pressionando, então só quando aposentar vou pensar no assunto”.
Se falar em whatsapp para ‘Palito’ a briga tá feita, ele é contra, não tem e não gosta de quem usa.
“Rapaz eu não sou contra a tecnologia, mas sou contra quem usa ela de maneira errada, ninguém ‘prozeia’ (conversa) mais, ninguém ‘oia nus zoio’ para falar, ficam com a cabeça baixa olhando pro tal celular de correr o dedo (SmartPhone) então eu não uso. Veja bem, estou aqui na beira do ‘corgo’ (rio), já estou falando com você, olha que coisa boa, já não está bom?” Explicou
Certa vez uma namoradinha (como ele se refere) esbravejou com ele dizendo: “Como uma pessoa nos dias de hoje não tem uma coisa (redes sociais e Whatsapp) que todo mundo tem”?
Palito, com sua sabedoria sertaneja respondeu: “Se todo mundo tem, sinal que não é bom, se fosse algo diferente, poucos tinham, por isso eu não tenho, pra ser bom tem que ser como Ferrari, poucos possuem”.
Para chegar onde está Palito percorreu um longo trajeto no rodeio. “Eu vivo do rodeio desde 1992, mas a primeira vez que narrei foi em 1986” Ele foi radialista, vendedor de lojas e foi quando estava no rádio, que apareceu a oportunidade.
“Quem me tirou da rádio e levou para o rodeio foi o Sr. João Pifer da Cia de Rodeio Brete de Ouro” Conta Palito, que já narrou em circo de tourada e já sofreu muito.
“Hoje está mais fácil, você fala para o DJ a tarde que quer tocar uma música, a noite ele já achou ela na tal da internet e toca no rodeio. Antigamente os DJs passaram por várias etapas, fita cassete, disco de vinil. A evolução chegou com o MD, quando o Lessauro tocou para mim, era com aquilo lá, uns caixotes grandes (Risos), hoje é só no computador, pra isso a tecnologia serviu” Brinca Palito.
Já virou tradição, e todos esperam em Barretos as botas exóticas e ‘Diferenciadas’ que ´Palito’ usa durante a festa. “Tudo começou quando encontrei o pessoal da Reizinho Botas, eles disseram que me conheciam por nome e eu disse que também conhecia eles, fizemos uma parceria e povo espera a ‘tar da bota deferente do Palito’ e virou sucesso em Barretos graças a Deus”.
Nem tudo na vida de Palito foi alegria nesses 29 anos de carreira de ‘Palito’. De coisas engraçadas a coisas tristes “Rapaz certa vez tomei um coice na arena de Novo Horizonte quebrei o braço”.
Uma tragédia familiar tirou o locutor das arenas por quatro anos. “Perdi dois irmãos, fiquei muito abatido, desorientado, fiquei fora do rodeio de 1995 e 1999, mas renovei as forças e estou ai até hoje”
Sobre seus versos e frases ele foi direto “Não crio, mas também não copio, são falas da vida do campo, só quem é da roça que às vezes entende”.
Para encerrar perguntei a ele, sobre sua estreia no Ribeirão Rodeo Music, ele foi original, respondeu no jeito ‘Palito’ de ser: “Estou mais feliz do que égua com dois potrinhos” Na hora não aguentei e dei risada. Ele esbravejou: “Uai rapaz, você nunca viu no pasto um égua com dois potrinhos (cavalinhos) no pé? Ela anda feliz da vida e é assim que estou”
“Conheço o Matheus Calil há muito tempo, o Marcão de Barretos que estará realizando uma etapa da LIGA por lá, com toda certeza estou muito feliz e ansioso para estar neste grande evento, que sempre ouço falar muito bem, estar lá é um prazer muito grande” Completou Palito
A montaria em cavalos estilo Cutiano é uma modalidade orginalmente brasileira. O competidor monta o animal durante oito segundo em um arreio específico segurando com uma das mãos e em uma rédea também desenvolvida para a modalidade.
Além das montarias em cavalos acontece a montarias em touros com etapa da LNR – Liga Nacional de Rodeio, prova do Team Penning e prova feminina dos Três Tambores.
As montarias e provas acontecem de 30 de Abril a 03 de maio, mas no dia 25 será realizado um show. Toda programação musical, vendas de ingresso, e demais informações você encontra na página www.ribeirãorodeomusic.com.br
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.combr
Foto: TV Rodeio

31-03-2015 --- A mágica Festa do Peão de Colorado
A mágica Festa do Peão de Colorado é um misto de modernidade e tradição Já era madrugada do dia 30 de março, uma forte chuva caia sobre o Parque de Rodeio Benedito Ignácio Ribeiro, pessoas molhadas por todo canto, as luzes do palco já estavam apagadas, e em alguns lugares já era possível observar pessoas desmontando alguma coisa.
Alguns ainda se alimentavam enquanto outros poucos de alguma forma ainda queriam festa. No escritório do rodeio restavam ainda alguns profissionais e ou competidores recebendo seu pagamento.
O estacionamento estava encharcado, a chuva insistia em cair sem piedade, visualizei o Presidente do Rodeio José Américo e sua esposa indo embora e pensei: Era a hora de partir.
Sempre quando acaba a Festa do Peão de Boiadeiro de Colorado, fica aquela sensação de ‘Já acabou’, e era verdade, havia acabado. A chuva não atrapalhou em nada. Na verdade, muitos assistiram o Show de João Bosco & Vinícius debaixo dela, mas São Pedro segurou ela até a último minuto. Parecia até que estava tudo combinado. “Vou mandar a chuva assim que terminar a entrega de prêmio” E assim foi feito.
Falando em prêmios e resultados os dois campeões nas modalidades touros e cavalos estilo Cutiano, conquistaram o título pela segunda vez.
José Mariano, campeão do Cutiano, tem 26 anos de carreira, 22 anos de Colorado, já havia vencido uma vez, queria mais um título naquela arena, ele já deixou isso bem claro quando o entrevistei na sexta-feira.
Neste dia José Mariano mostrou todo o respeito por Adair Ribeiro “Se ele pedir pra gente montar de cara para trás a gente monta”
José Mariano conquistou o título após vencer ‘Cowboy Solitário’ da Cia WR com a nota 87,25 pontos. Ele somou 406,25 pontos, apenas 0,75 pontos a mais que o segundo lugar. Acirradíssimo.
Como mencionei acima, sobre o respeito que a comissão de Colorado dá e recebe. Claro que a maioria das comissões, respeitam e são respeitados.
Porém, em Colorado é diferente, o tempo não deixou a tradição ir embora em alguns aspectos, e um deles é o sorteio que é realizado pela manhã.
Todos os competidores são convidados a participar. É Feito em uma ficha de papel com auxílio de um globo desses usados em bingo. O Sr. Adair Ribeiro, presidente de honra e o homem que ajudou construir tudo aquilo, acompanha de perto, é ele quem chama nome por nome. Seu filho Adairzinho, fica ao lado com a lista dos animais, e seu neto Marcelo é quem gira o globo. Três gerações e uma mesma família apaixonados por rodeio.
E quando digo que algumas tradições não morrem, cada competidor recebe R$20,00 (vinte reais) por dia para auxiliar na alimentação.
Claro que, para receber é preciso estar presente no sorteio e também competindo. Antigamente essa bonificação era conhecida como ‘Consola’ e lá em Colorado ela não morreu.
Os profissionais recebem o mesmo respeito, os tropeiros além de levarem touros de qualidade apurada, hoje tudo monitorado por Marcelo Sichieri diretor de rodeio. Os tropeiros precisam comparecer na festa pelo menos um dia, para da um ‘oi’, neste caso não é um convite, é uma exigência.
No estacionamento, uma placa e uma vaga de carro com o nome de todos os profissionais, como é gratificante, particularmente tive pela primeira fez essa placa. SEM PALAVRAS.
Horário em Colorado também é sagrado, pontualmente começam as montarias, com público ou sem público, sempre a primeira modalidade acontece sem abertura que é realizada mais tarde.
Outra coisa interessante é o revezamento das modalidades. Na quinta-feira o Cutiano é primeiro, na sexta-feira os touros, no sábado o Cutiano e no domingo os touros sendo invertido nas finais com o Cutiano primeiro. Os três tambores são realizados no meio.
Na internet a melhor divulgação virtual do rodeio brasileiro. Transmissão ao Vivo, vídeo com as melhores montarias, áudios com entrevistas, planilha com resultados, fotos e mais fotos. Além de um extensa campanha antecipada de divulgação de profissionais e shows. Em Colorado, os profissionais e competidores fazem parte do show, e tem a mesma medida na divulgação e ouso dizer que acabam se vendo mais profissionais e contratados do que outra coisa.
Falando em modernidade os telões no meio da Arena são uma atração a parte.
Vamos falar das mulheres, mais um ano ANTT – Associação Nacional dos Três Tambores realizou uma etapa com quase 100 competidores inscritas.
Havia a expectativa de Caroline Rugolo ser tetra campeã, já que nos últimos três anos ela havia conquistado o título e doado seu prêmio e doado ao competidor ‘Zoinho’ que sofreu um acidente e ficou paraplégico.
Esse ano Carol conseguiu se classificar em primeiro lugar, mas um vilão fora das arenas, um arame, enroscou no pé do seu animal titular, que foi poupado, veio com um animal reserva, e ela não conseguiu repetir o feito, errou desligou na hora da passada, mas continuou acertando nas atitudes, mesmo ficando em décima colocada, doou seu prêmio para o ‘Zoinho’. Que conseguiu pronunciar sem o som OBRIGADO já a deixando muito feliz.
A competidora Tânia Saldanha de Assis (SP) conquistou pela primeira vez o título em Colorado, quebrando a sequencia de vitórias de Rugolo.
Na categoria mirim Joana Maria Zaia, de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) venceu também pela primeira vez na Arena de Colorado.
Sim, a arena de Colorado, vermelha, branca, bonita, detalhes de verde cheia de gente, como é bonita a arena de Colorado.
Os bretes são montados, a única coisa ali montada é essa, o Palco é fixo, as arquibancadas e camarotes também, exceto o camarote do patrocinador DP4, o resto é tudo fixo.
A cerca envolta da arena é tradicional, com madeira e arame, reforçada é claro por ferros em cima que sustentam as madeiras.
Os competidores tremem. “O cara que falar que não sente um frio na barriga, está mentindo, dá sim” confessou José Mariano que monta nesta arena há 22 anos.
A festa é completa lá dentro, o público vem para assistir o rodeio, vem para festar, vem para fazer parte da festa.
Gente bonita, gente festando, gente com a família, gente de várias cidades, ou até mesmo de outros estados.
Seria bom lembrar e eu lembrei dos campeões do ano passado. Como já disse, Caroline Rugolo, campeã de 2014, não conseguiu repetir a dose e ficou em décima.
Clodovir Palata, campeão em 2014 no Cutiano, montou até no sábado, não conseguiu vaga para a disputa final.
Anderson de Oliveira, campeão em touros, foi finalista novamente, porém ficou em sétimo lugar.
A Cia WR, foi a grande vencedora como melhor tropa com a média 41,14 pontos. Estreando em Colorado a Cia Renner ganhou como melhor animal com o cavalo ‘Ajax’, único animal a derrubar na final.
Também estreando em Colorado, a Cia 2M do Marcondes Maia, ganhou a fivela de melhor touro com ‘Paiaguá’ com a média 46,75 pontos.
Ironia do destino a Cia 3B, ficou em último lugar em 2014, quase não foi contratada em 2015, investiu muito, comprou o touro mais caro da história do rodeio brasileiro e conquistou a fivela de melhor boiada.
Já falei do campeão do Cutiano, mas tenho que falar dos animais da final, ‘Ajax’ como disse, foi único que derrubou. ‘Mensageiro’ da Cia SMD deu a melhor nota do rodeio 88,00 pontos e todas as notas acima de 84, foi uma final fantástica, com animais escolhidos a dedo e claro, competidores loucos pela fivela de campeão. O rodeio em Cutiano de Colorado, além de ser tratado com igualdade com o rodeio em touros, com a mesma premiação, a cada ano que passa cresce mais.
Na modalidade touros, era esperado que fosse feito algo em relação ao recorde de notas, que era de Luciano de Castro, com 94,75 pontos
Nas redes sociais comentavam que o mesmo Luciano de Castro no touro Estilingue poderia quebrar este recorde. Luciano escolheu Estilingue.
Na hora da montaria, Marcelo Sichieri, diretor de rodeio, de cima da tribuna/palco, retirou o chapéu e fez o nome do pai, ele, Marcelo, como já disse em outras oportunidades, trabalha para muitos noventa pontos, e essa fórmula não é tão simples assim.
Em busca de quebrar o recorde, Luciano apertou a corda e o que quebrou foi sua corda que precisou ser substituída com rapidez.
Ele montou Estilingue que, escorregou por duas vezes durante a montaria, não rendeu o que se esperava e não veio o recorde. Luciano terminou em terceiro lugar.
Invito Joander Donato, de Patrocínio (MG) venceu Executivo da Cia Bela Vista, 89,75 pontos, faltou pouco para o noventa, mas ele não veio. O Mineiro assumiu a ponta.
Edevaldo Ferreira, escolheu ‘Carro Chefe’ da Cia Máfia do Boi. No sábado, após vencer o difícil touro ‘Pit Bull’ da Cia 2M, tentei apertar Edevaldo, perguntando qual touro ele escolheria caso entrasse na final em primeiro lugar de nota, ele se esquivou e não respondeu.
Antes da final fui até o fundo dos bretes, Edevaldo estava sentado em uma lona atrás da caixa de som.
Perguntei e agora? Ele como sempre com muito profissionalismo me respondeu com outra pergunta: “Sabe o que eu quero Eugênio? Sair daqui com saúde para montar na próxima semana. Se eu ganhar vai ser importante, mas quero sair com saúde independente de título.
Esse é Edevaldo que, sabe de sua capacidade, mas não deixa que seus discursos ofendam os companheiros, respeita todos, então no silêncio ele não antecipa nada, deixa acontecer e modéstia parte, faz acontecer.
Sentou em ‘Carro Chefe’, touro que já deu campeão em Barretos, e tinha a oportunidade de dar campeão em Colorado, ou tirar, era difícil, mas não era impossível.
Carro Chefe ensaiou o drible, veio para a direita e entrou na esquerda, talvez fosse ali o maior perigo ou desafio para Edevaldo, mas como um zagueiro, marcou o drible do touro, sentou em cima da corda novamente e controlou a situação, o publico vibrou e ele conquistou o bicampeonato.
Sua esposa filmava tudo da arquibancada, em silencio, após os oito segundo veio a explosão, gritos e comemoração.
Na sequência veio a entrega de prêmios, o vídeo final, o show, lembrei do primeiro dia, da abertura, dos sorteios, das brincadeiras, as amizades, do trabalho, dos fogos dos piro musicais, de tudo, agora é só lembrança, pois acabou.
Muita gente acompanhou pela internet, que bom, que legal, mas estar na Arena de Colorado, ao vivo, é algo fenomenal.
A festa de Colorado demora a chegar, em quatro dias a gente vê tudo acabar, agora não tem jeito só resta a esperança do próximo ano logo chegar.
Somente Colorado Supera Colorado, e tenho a certeza que foi importante para nós estar ao seu lado.
Em 2016 o rodeio já tem data marcada de 11 a 20 de Março
Resultados: http://bit.ly/1NjGzYQ
Vídeos: http://bit.ly/1xvUYzb
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br
Foto: Rodolfo Lesse




Eugênio José - MTB: 67.231/SP
Colunista e Comentarista de Rodeio

25-02-2015 --- Oportunidade de negócio para tropeiro
Oportunidade de negócio para tropeiros e investidores em touros de pulo no próximo dia 10 de março em São José do Rio Preto.
A Cia André de Mogi, tem 17 anos de mercado e pela segunda vez coloca seu plantel a venda. A atratividade deste leilão já é confirmada quando analisamos o resultado final do produto a venda: Melhor boiada da Festa do Peão de Barretos. Melhor Boiada da Final da Ekip Rozeta e ainda melhor boiada do Liga dos Campeões/Liga Nacional/ Circuito Barretos, boiada integrante do Curral de Elite da Ekip Rozeta.
E também por ser a segunda edição do ‘Estrelas das Arenas’, evento já consagrado que retorna com estrutura para superar seus próprios recordes.
Se os touros são tão bons assim porque serão vendidos? O empresário, André tem outros negócios em vista no momento e não terá disponibilidade para acompanhar de perto como sempre fez o desempenho dos animais.
Será sem sombra de dúvidas uma oportunidade ótima de ter em seu plantel, touros prontos para pular em finais de qualquer evento no brasil.
O evento, leilão, acontece em São José do Rio Preto (SP), no recinto de Leilões Anísio Hadad ás 19:00h, com transmissão ao vivo pelo Canal do boi.
A leiloeira responsável será a Estância Bahia Leilões, com assessoria da ACF do Brasil, do Antônio Carlos. A realização é da Cia André de Mogi.
Quero destacar aqui alguns animais:
BOCA QUENTE: Finalista em Barretos em 2014
SURREAL: Finalista da LNR em Barretos
CANGASSO: Finalista em Barretos, Fenandópolis e Jales.
DILÚVIO: Finalista em Barretos em 2013, revelação da Ekipe Rozeta em 2013. Finalista em Fernandópolis, Americana, Jales, Jaguariúna entre outras.
2ºLEILÃO ESTRELAS DA ARENA
DATA: 10 de Março ás 19:00h
LOCAL: Recinto de Leilões Anísio Haddas
ENDEREÇO: Rodovia BR 153, Km 71
CIDADE: São José do Rio Preto (SP)
TRANSMISSÃO: Canal do Boi
LEILOEIRA: Estância Bahia
ASSESSORIA: ACF do Brasil
INFORMAÇÕES: André de Mogi: 019 99772-3707 - Antônio Carlos 035 8877-5799/ 9192-1122 - Estância Bahia (Cadastro para lances) 066 3468-6600
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br




12-02-2014 --- UNR promoveu quarto encontro com profissionais do rodeio no Parque do Peão em Barretos
UNR promoveu quarto encontro com profissionais do rodeio no Parque do Peão em Barretos
A UNR – União Nacional do Rodeio, reuniu profissionais e organizadores de rodeios em Barretos, interior de São Paulo, no Parque do Peão na sala de reuniões da Pousada dos Tropeiros na tarde do último dia 10 de Fevereiro.
O evento foi direcionado em especial os organizadores, presidente de festas, porém, aberto a todos os profissionais de rodeio.
Estiveram presentes profissionais de todos os setores do rodeio brasileiros assim como presidentes de dezenas de rodeios, juízes, comentaristas, locutores, salva-vidas, tropeiros, organizadores de campeonato entre tantos outros.
Esnar Ribeiro, comentarista e apresentador abriu a reunião. Enfatizando que o rodeio precisar se organizar de forma unânime na parte jurídica, política, científica e de contratações, em especial no mundo artístico.
Dr. Kiko, médico veterinário e diretor de rodeio de Os Independentes, foi o primeiro palestrante, enfatizando as melhorias feitas em manejo de animais de rodeio, destacando todos os itens necessários, para o bem estar dos animais.
Professor Tenório, referência na defesa da causa animal, e responsável pelo projeto sedém, ressaltou a importância da continuidade dos estudos científicos, o sucesso dos experimentos e estudos já realizados em defesa do rodeio e explicou aos presentes todos os avanços no setor além de orientar sobre as intenções de quem luta para acabar com o rodeio.
Fechando o bloco científico, Dr. Cesar Vilella, dividiu com os presentes a importância de defender o rodeio embasado em leis e laudos técnicos, nunca usar do embate. Além é claro, de exemplificar vários casos em que a lei e prevaleceu contra algumas tentativas de embargos.
O representante da Secretaria de Assuntos Federativos do Governo Federal, Joedes Ferreira Marques, se colocou a disposição junto ao governo para receber a UNR e também destacou a importância da festa do peão para a cultura brasileira. Joedes irá atender em breve alguns representantes da entidade em Brasília.
O Dr. Evandro. S. Grili, especialista em Direito Ambiental e Advogado do Ribeirão Rodeo Music e Gilmar Munhoz, organizador de rodeios e estudante de direito, mostraram alguns casos onde, embasados na lei venceram e liberaram eventos além de orientar os presentes sobre alguns passos importantes de prevenção no âmbito jurídico.
No bloco político o presidente da ABSVR – Associação Brasileiros dos Salva Vidas de Rodeio, Ronan Felipe, e o também presidente da Associação Brasileira de Criadores de Touros de Rodeio explicaram suas regulamentações e dificuldades em ambas as categorias.
Emilio Carlos dos Santos, o Kaka de Barretos, falou sobre questões de contratações, orçamentos, pesquisas e uma certa falta de coerência em alguns casos de planejamento malsucedidos em especial na contratações de shows. Orientou que ás vezes o organizador contrata um show de sua vontade e gosto particular, sem perguntar ao público, quem realmente paga a conta, se querem aquela atração no evento. Outro ponto importante é estar atento as mudanças na comunicação, já que com a internet em alta, as vezes é preciso mudar o investimento feito em TV e Rádios por exemplo.
O empresário Matheus Calil, da empresa Viola Show, falou sobre captação de recursos e dificuldade de negociação de grandes marcas e sugeriu criar grupos para negociar contratações de shows visando um poder melhor de negociação e a organização para poder entregar ao patrocinador um resultado que faça com que ele volte.
Tony Nascimento representou a CNAR e sugeriu o apoio e unificação do rodeio. Adriano Brosco, juiz de rodeio falou sobre a credibilidade do rodeio, que precisamos se espelhar nos erros do passado para construir o futuro.
O atual presidente de Os Independentes Jerônimo Muzetti agradeceu a presença de todos e lembrou que precisamos entregar o produto rodeio, com mais responsabilidade e principalmente com horários. Relatou também que se reuniu com a Câmara de Vereadores de Barretos e conseguiu derrubar a lei que proibia prova de Laço em Dupla no município.
Os presidentes CCA – Clube dos Cavaleiros de Americana e de Rio Verde, Beto Lahr e Lauro Dias se pronunciaram sobre algumas atitudes documentais que suas festas realizam sempre prevenindo e evitando qualquer ação contrários a realização do evento.
O locutor Piracicabano encerrou a festa propondo que os locutores se unam e doem algum valor para as pesquisas. E ainda fez uma comparação com do rodeio atual com o Burrinho sabonete. Animal que as crianças montavam no circo para que o público chegasse, ele diz que hoje o rodeio é um burrinho sabonete, onde o rodeio está servindo para o público chegar ao show.
SOBRE A UNR
A UNR – União Nacional de Rodeio, surgiu através de um grupo de whatsapp, dos comentaristas de rodeio. A UNR não é ainda nenhum tipo de organização e ou associação. A intenção é ‘UNIR’ o rodeio, para que possamos combater quem nos atacas e melhorar nossa categoria.
Para que alguns assuntos pudessem ter um pouco mais de agilidade foi montado um conselho. A UNR não tem presidente, não tem mesa, não tem dono, mas está empenhada a continuar ajudando o rodeio.
Pelo menos três cidades já foram salvas de terem leis municipais contra o evento aprovados pelas câmaras de vereadores dos respectivos municípios. A ultima, Mirassol (SP), onde um vereador sugeriu trocar animais por seres humanos e touro mecânico.
O que é muito importante ressaltar é que: A UNR não é CABIDE DE EMPREGO, tudo acontece de forma voluntária.
Você pode perguntar: O que eu ganho com isso? No momento nada, mas no futuro, se não nos mobilizarmos rápido, também não ganharemos nada, pois o rodeio pode parar e não teremos ONDE ganhar nosso pão.
O conselho foi votado no grupo de whatsapp da UNR, e abrange profissionais de todos os setores do rodeio.
Veterinário: Cesar Fabiano e Paulo Belarmino
Comentarista: Esnar Ribeiro e Thiago Arantes
Articulação Jurídica: haís Gianotti e Gilmar Munhoz
Articulação Política: Kaká de Barretos, Marcão Abud e Bentinho
Tropeiro - boi: Guto Paglione e Madrugada
Tropeiro - cavalo: Leandro Baldissera e Roberto Biasi
Locutor: Almir Cambra e Piracicabano
Salva-vidas: Ronan Felipe e Ricardo Sabino (Xuca)
Comunicação: Eugênio José, Abner Henrique, Eric Julian e André Silva
Marketing: Matheus Calil
Financeiro: Bruno Ribeiro, Dr. César Vilela e Rogério Paitl
Competidor touro: Edevaldo Ferreira e João Mauro Kugel
Competidor cavalo: Wilson Martins de Araújo (Batata) e Marcelo Araújo
Planejamento de rodeio: Adriano Brosco
Presidentes de festas: Beto Lahr (Americana) e Jerominho (Barretos)

Acompanhe na internet todas as informações, ações e reuniões da UNR pela página www.fb.com/uniaonacionaldorodeio ou entre em contato pelo e-mail uniaonacionaldorodeio@gmail.com

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP

11-02-2014 --- Os “Tops” do Working Cow Horse de 2014
Finalizando a série de publicações de todas as modalidades esportivas, apresentamos os nomes do Working Cow Horse que mais pontuaram na temporada 2014 e que participarão da festa de entrega dos troféus do 8º ABQM Awards – “O Oscar do Cavalo Quarto de Milha”, no dia 28 de fevereiro, no World Trade Center (WTC), na capital paulista.
De acordo com a totalização de pontos apurados pelo Departamento de Esportes da ABQM, até o dia 31 de dezembro, o título de Melhor Animal ficou com o tordilho Strongest Pistol (CD Taco Bell x Annie Pistol Doc, por Highbrowlittlepistol), com 5,5 pontos.
Como Cavaleiro, somando 13,5 pontos, subirá ao palco para receber o troféu o avareense Nelson Rodrigues e pela categoria Amazona os aplausos serão para sua filha Karoline Kazue Rodrigues, com 2,5 pontos, além de ser homenageada com o título de Melhor Proprietária, com 6 pontos.
Levará o troféu de Melhor Criador para Ribeirão Preto (SP), José Roberto Santo André pelos 5,5 pontos conquistados.
Entre os garanhões, atingiu a maior quantidade de pontos (5,5) CD Taco Bell (CD Olena x Teninos Taco, por Tenino San) e, como Reprodutora, a tordilha Annie Pistol Doc (Highbrowlittlepistol x Makin Nevada, por Freckles Nevada), também com 5,5 pontos.
Por: Abdalla Jorge Abib

10-02-2015 --- Mais pontuados da Vaquejada
Acompanhe os mais pontuados da Vaquejada e que serão homenageados no 8º ABQM Awards, no dia 28 de fevereiro, no World Trade Center (WTC), na capital paulista, de acordo com o Departamento de Esportes da ABQM.
Como Melhor Animal de puxar ficou a baia amarilha La Shady Deketa, (Poco Leo MF x Snip Lad Pera, por Atari Lad SLN), somando 41,5 pontos. Já o animal de esteira é o cavalo mestiço Tob Smoke (Doc Smoke), com 48 pontos.
Na reprodução, dois machos e duas fêmeas atingiram as maiores pontuações. Como Reprodutor de animal de esteira o líder é Don Diego Bars (Mr Hulk x Minie Apolo Bars, por Shady Apolo Bars), com 82 pontos, e na categoria de esteira, Doc Smoke Moon HFV (Smoke Dan’s Duchess x Totally Noble, por Noble Successor). Em relação às Reprodutoras, os destaques foram respectivamente: Snip Lad Pera (Atari Lad x Deketa Eternal SLN, por Eternaly Fred), com égua de puxar com 41,5 pontos; e a castanha de esteira, Syssy Alamitos Lad (Alamitos Lad x EW Chica Hermosa, por EW Big Windchester), com 47 pontos.
Quem mais pontuou derrubando boi foi o Cavaleiro Wagner Pignataro Lima, de Natal (RN), totalizando 132 pontos
O troféu de Melhor Amazona será entregue para Eduarda Mylenna Alves Medeiros, de Cachoeirinha (PE), com 1,5 pontos.
Somando 106 pontos, levará o troféu de Melhor Proprietário para Maceió (AL), Celso Pontes de Miranda Filho.
Representando o estado da Bahia, subirá ao palco para receber o troféu de Melhor Criador pelos 113 pontos conquistados, Marcelo Barretto de Araújo Sarmento.
Por: Abdalla Jorge Abib

09-02-2014 --- O Cavalo Árabe no Brasil"
Livro "O Cavalo Árabe no Brasil" conta os três milênios da raça ao redor do mundo e mais de um século de existência no Brasil

Três mil anos e meio de história do Cavalo Árabe no mundo e mais de um século de história no Brasil, esse é o conteúdo de rara beleza do primoroso livro colorido e ilustrado "O Cavalo Árabe no Brasil", de Andrea Jakobsson Estúdio Editorial, com textos de Mario Braga e ensaio fotográfico de Marco Terranova, que traz memoráveis imagens de garanhões e matrizes no cotidiano das fazendas de Norte a Sul do Brasil.
“O livro é uma rica homenagem que reconstroi e narra toda a história global do Cavalo Árabe, a raça mais antiga do mundo, cuja existência é estimada em mais de 3,5 mil anos, conforme o registro de desenhos rústicos de cavalos orientais encontrados em países como o Egito e a Grécia. Já o Cavalo Árabe em terras brasileiras registra presença a partir do século XIX, portanto, com mais de um século de existência da raça no Brasil”, destaca Fabio Amorosino, presidente da ABCCA.
A obra tem o prefácio escrito pelo criador Aloysio Faria, considerado o arabista pioneiro no Brasil e todo conteúdo foi escrito em bilíngue (português e inglês), num total de 263 páginas recheadas de muitas histórias e imagens primorosas.
O livro destaca também o cinquentenário da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA) comemorado em 2014 e fez parte do cerimonial de homenagens da entidade. Durante a realização da 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe, no Helvetia Riding Center, de Indaiatuba (SP) em novembro, os arabistas receberam em primeira mão, exemplar da obra, e que posteriormente foi entregue também a todos os associados.
Numa síntese da introdução feita por Mario Braga ele destaca que o livro é uma justa homenagem aos criadores brasileiros e aos pioneiros ao redor do mundo que de maneira incansável se dedicaram e se emgajaram num trabalho exemplar e de muita responsabilidade na formação, criação e consolidação dessa raça milenar ao proteger o seu legado genético e aprimorar de muitas formas o patrimônio que receberam.
O lançamento oficial para o público foi feito em dezembro pelo autor Mario Braga, na Livraria Argumento, no Rio de Janeiro. O livro tem o acabamento em capa dura no formato 28 x 31 cm e recebeu aporte do Ministério da Cultura e patrocínio da Localiza e mais os apoiadores HVP Arabian, Fazenda Floresta, Haras Trindade, Lone Star, Casa Branca Agropastoril, Haras Sahara, Fazenda Engenho, Haras JM, Haras Carandá, Haras AL Hoscan Brasil, Haras Resgate, Haras Serondella e Haras Cruzeiro.
A obra já está disponível para a venda a todos os interessados e pode ser adquirida nas principais livrarias do país ao preço sugerido de R$140,00. Mais informações: www.abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744.

STA PRESS
Alexandre Franco

09-02-2014 --- Dener Barbosa conquista bicampeonato na Fepeina em Douradina
Dener Barbosa conquista bicampeonato na Fepeina em Douradina
Terminou na noite deste domingo, 08, a FEPEINA – Festa do Peão de Douradina (PR). A domingo foi marcado pelas montarias em touros e sorteio de um carro zero km para o público.
Definir, tentar traçar um panorama para o rodeio de Douradina é algo quase impossível. O rodeio é imprevisível, na FEPEINA, é muito mais do que podemos imaginar.
Após a disputa semifinal, Edevaldo Ferreira, de Andradina (SP), continuava com uma parada a mais, ou seja, era o único invicto, ainda não tinha caído.
No sorteio, pegou Baleado, um touro que ele havia parado, algumas vezes, caído outas, um touro bom, mas para canhoteiro, Edevaldo é destro (Monta com a mão direita).
Vamos falar de Edevaldo mais tarde, antes vamos saber como foi o desempenho dos cinco primeiros colocados.
A história de Magno Alves, de Santana do Araguaia (PA) é interessante, ele havia sido desclassificado após o round de sexta-feira, dois competidores se contundiram e abandonaram a competição. Ele aceitou montar e marcou a melhor nota do sábado.
Na final, ele entrou em oitavo lugar, e após vencer o touro ‘Noturno’ da Cia Paulo Emílio, com 89,75 pontos, terminou a competição em quinto lugar.
Voltando aquela história de panoramas, eu não imaginava que Sidnei Maria pudesse ser vencido por ‘Explisivo’ na semifinal, mas aconteceu.
Mesmo assim, entrou em décimo lugar, sorteou, ou melhor, sobrou para ele, o touro ‘Cherloque’. Com o locutor Gleydson Rodrigues pedindo para o público ficar de pé, ele venceu o animal e marcou a nota 92,25 pontos. Acabou terminando em quarto lugar.
Sobre o terceiro lugar, não dá pra falar, temos que exaltar o trabalho do competidor Claudemir dos Santos, o ‘Porquinho’ havia parada há um ano e dois meses, resolveu voltar, e na FEPEINA. Começou liderando a competição, acabou não vencendo o touro de sexta-feira, mas recuperou e marcou a maior nota do rodeio, montando o touro ‘Tenso’ com a nota 93,00 pontos.
O vice campeão, acreditem, foi Edevado Ferrreira. Eu digo acreditem porque ( como disse acima) ele chegou a final como o único invicto, como costumamos dizer, com um touro a mais.
Sorteou ‘Baleado’ um touro bom, que ele há o venceu e ganho rodeio nele como também já havia caído e perdido rodeio. Hoje a última opção valeu, ele acabou caído e perdendo o rodeio de Douradina.
O grande campeão foi Dener Barbosa, de novo, afinal ele foi o campeão de 2014 também. Venceu o touro ‘Himalaia’ com 92,25 pontos e conquistou mais um carro zero KM da na carreira, o segundo em Douradina.
Vídeos e resultados: http://bit.ly/1A4uOEA
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br
Foto: Eugênio José

02-02-2014 --- Cavalo Árabe abre temporada 2015

Cavalo Árabe abre temporada 2015 com Prova Especial Arabian New Year

Foi dada a largada do circuito de corridas do Cavalo Árabe. A disputa de estreia de 2015 foi a Prova Especial Arabian New Year, realizada no Jockey Club de São Paulo no dia 26 de janeiro. Com o tempo final de 1 minuto e 54 segundos, o vencedor foi Mahogany HVP, filho de Power World JQ e Magum Rose HVP por Magnum Psyche, de criação e propriedade do Haras Vila dos Pinheiros. Foi sua terceira vitória em pista, que nesta prova em específico, seria de 1.600 metros na grama, mas devido às fortes chuvas foi transferida para a pista de areia.
O treinador Eduardo Garcia destacou que o último treino de Mahogany HVP antes do páreo fora espetacular e já prenunciava uma ótima corrida. “É preciso destacar, também, a perfeita condução do jockey M. Ribeiro, que levou Mahogany HVP com muita calma e maestria ao disco final”, comentou o diretor de corridas da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), Paulo Saliba.
A premiação deste páreo foi de R$ 8 mil, valor distribuído entre os cinco melhores colocados e os profissionais envolvidos. O próximo compromisso é em fevereiro, com uma ou duas provas a serem marcadas e, em 23 de março, será a vez dos GPs da Câmara de Comércio Árabe Brasileira. Esta deverá também ser desmembrada entre machos e fêmeas, com R$ 15 mil em bolsas de premiação para cada.
Como destaca o diretor de corridas da ABCCA, “os arabistas terão muitas novidades neste ano, marcando a consolidação do Cavalo Árabe no Turfe Nacional. Uma delas é a realização de uma das etapas de President of UAE Cup, dia 05 de setembro, com duas provas e premiação total de 50 mil dólares”.
"Aguardamos a confirmação de uma prova da Shadwell Farms no Brasil. A perspectiva é muito boa. O nosso calendário conta, também, o com o GP Nacional do Cavalo Árabe e o Arabian Ladies", informa Paulo Saliba.
Mais informações: www.abcca.com.br / Telefone (11) 3674-1744

28-01-2015 --- Rodeio de Douradina - PR
Uma ‘festa’ sim, porém com o foco no rodeio, isso já se percebe a começar pela premiação de um carro zero km e uma moto mais dinheiro aos dez finalistas. Essa é a Festa do Peão de Douradina no Paraná. Distante 50 km de Umuarama, a cidade com oito mil habitantes já tem vendidos 6500 permanentes, o sucesso já é garantido antes mesmo de abrir a porteira.
A FEPEINA – Festa do Peão de Douradina acontece de 05 a 08 de Fevereiro de 2015, uma realização da Associação dos Agropecuaristas de Douradina. O presidente é José Carlos Pedroso “Cabeção”. A direção do rodeio será de Rodrigo Martins.
PROFISSIONAIS
Uma novidade na locução, na verdade um retorno, será de Almir Cambra, que narra o rodeio junto com Gleydson Rodrigues e Umberto A voz padrão será de Fabão Potência. Os comentários de Esnar Ribeiro.
Julgamento de Adriano Brosco e Helton Barbosa e juiz de brete Juarez Barbosa. Salva-vidas, Pirilampo, Gringo, Sushi e Chicão. Animação de Arena Garoto Juca. Laçador Carlinhos. A assessoria do evento de Elivandro Marques, o “Tibaa”.
Todos os touros serão da Cia Paulo Emílio, de São José do Rio Preto, assim como a Sonorização. A premiação será de um carro zero km, para o campeão, uma moto para o segundo colocado, mais dinheiro até o décimo colocado.
PROGRAMAÇÃO
Quinta-Feira: É tradição na cidade, o desfile na avenida, muito esperado pelos moradores, pude acompanhar em 2014, ali no desfile começa pra valer tudo, dando abertura as festividades as 17:30h
Abertura do rodeio e show com Dani & Diego (Entrada franca)
Sexta-feira: Rodeio profissional e show com Fernando & Sorocaba
Sábado: Rodeio Profissional e show com Milionário & José Rico.
Domingo: Rodeio Profissional ás 20:00h. Show de prêmios com sorteio de um carro zero km. Entrega de Prêmios e queima de fogos. Exceto domingo, o rodeio começa todos os dias as 21:00h.
Cobertura Esportiva através do site www.eugeniojose.com.br. Pelo terceiro ano com apoio e patrocínio direto do Auto Posto Cupimzão de Londrina, no Paraná.
Informações www.facebook.com/fepeina.douradina.9
Por Eugênio José - MTB:67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br

28-01-2015 --- 2ª Oficina de Rédeas para Amadores do Centro de Treinamento Renata Ricci!!
Está chegando: 2ª Oficina de Rédeas para Amadores do Centro de Treinamento Renata Ricci!!

Dias 7 e 8 de fevereiro - Com orientação da norte-americana Tanya Jenkins!

VAGAS LIMITADAS!!!! Faça já sua inscrição:http://blogricciredeas.wix.com/oficinaderedeas#!inscries/c1q8d

E ainda, no dia 6: oficina exclusiva para profissionais!

A Oficina acontece no CT Renata Ricci, em Porangaba, SP!!!

Tanya Jenkins é treinadora baseada na Califórnia e tem obtido resultados muito expressivos na Rédeas dos EUA! Atua na modalidade desde 1993.

Saiba mais: http://blogricciredeas.wix.com/oficinaderedeas

A ideia surgiu com o objetivo de oferecer a categoria amadora conhecimentos valiosos para formar, reciclar e aperfeiçoar as técnicas de equitação em Rédeas. A primeira realizada pelo CT Renata Ricci foi em abril de 2014, com Doug Milholland.

Renata Ricci e Pedro Silva esperam você!

13-01-2014 --- Circuito Rancho Primavera.
Começa nesta quarta-feira, em Santa Cruz do Rio Pardo (SP), a terceira edição do Circuito Rancho Primavera.
O campeonato que nasceu em 2013, premiou o campeão nas duas primeiras edições com um carro zero km, em 2015 inova e premiará o campeão, com R$100.000,00.
A final já tem data marcada e será mais um ano na cidade de Quintana (SP) entre os dias 17 e 20 de dezembro.
A 1ª etapa de 2015 acontece entre os dias 14 e 19 de janeiro durante a 20ª Festa do Peão de Boiadeiro de Santa Cruz do Rio Pardo. O evento acontece com entrada franca todos os dias.
A atual campeão do CRP é Fábio Eleutério de Mira Estrela (SP), competidor que já foi campeão Júnior de Barretos.
Fabinho liderou boa parte da temporada, foi ultrapassado por Samuel Tiago, de Mirante do Paranapanema (SP), revelação do campeonato em 2013.
Samuel estava montando tão bem que, nos bastidores já se falava em título certo, porém nas duas últimas etapas antes da final Samuel se apresentou bem abaixo do seu potencial e Fábio Eleutério o ultrapassou antes da etapa final.
Em Quintana, Fábio e Samuel fizeram um rodeio equilibrado, tanto que o título só foi conhecido no último round, Samuel montou bem, porém, Fábio Eleutério não desperdiçou a chance novamente. “Eu lutei muito pra ganhar esse campeonato, deu certo e estou preparado para a nova temporada” Disse o campeão.
Com a nova premiação, novos nomes estão chegando no CRP. “Não é somente pelo prêmio que novos competidores estão chegando, alguns tiveram a sua oportunidade em 2014, agora novos competidores foram convidados” Explica Rogério Paitl idealizador e presidente do Circuito.
Rogério enalteceu também a importância dos patrocinadores. “Essa premiação não seria possível se eu não tivesse o aval e o investimento da Eldorado Company, Amadade Botas, Grife Os Vaqueiros e Pererê Comunicação Visual. É difícil um grande investidor no rodeio hoje, porém essas empresas juntas com uma grande vontade e confiança no nosso trabalho, nos dá a oportunidade de valorizar o competidor. Sou um empresário, organizador, mas sou apaixonado pelo esporte e faço o que posso para valorizar os competidores, estou muito feliz por conseguir” Completa Rogério.
RENOVAÇÃO NA ASSOCIAÇÃO TOP 10
Outra disputa de sucesso no CRP, é da Associação TOP10. Apenas dez tropeiros disputam a temporada na primeira etapa. Os três que obtiverem a menos média ficam de fora da próxima etapa e assim vai a temporada toda.
Metade do aluguel é distribuído em diárias. E ainda a melhor boiada ganha um carro zero km. Isso traz automaticamente um nível mais qualificado de animais.
Para a temporada 2015 três boiadas estão chegando: Cia Marca J, do João Ribas de Promissão (SP). Cia Fábio Vargas de Araçatuba (SP) e Cia Shalon do Juninho Bonetti de Agua Boa (MT).
Continuam na Associação, Cia Califórnia, Cia Bela Vista, Cia WPeres, Cia Maximus, Cia Neto de Taquaritinga e Cia PH e Cia 3B
Nessa disputa a Cia Califórnia e bicampeã, ganhou os dois carros em 2013 e 2014.
Todas as informações do campeonato você acompanha através do site www.circuitoranchoprimavera.com.br
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br

23-12-2014 --- O Circuito de Rodeio Rancho Primavera
O Circuito de Rodeio Rancho Primavera terminou na noite de domingo, 21, no encerramento da 30ª Festa do Peão de Quintana, a temporada 2014, premiando os campeões com três automóveis zero km.
O evento de Quintana foi uma realização da Prefeitura e Câmara Municipal e aconteceu com entrada franca e casa cheia todos os dias.
Com exceção do domingo que começou as 21:00h, o evento começou pontualmente as 21:30h, todos os dias. Pontualidade é uma das principais características do Circuito Rancho Primavera.
Na arena os automóveis foram oferecidos ao campeão da etapa final, ao campeão da temporada e ao melhor tropeiro da Associação TOP10.
A associação TOP10 é uma idealização do Circuito Rancho Primavera, onde dez tropeiros trabalham anualmente em sistema de rodízio, em cada etapa as três boiadas que tiveram o pior desempenho, não participam do próximo evento e ainda, metade do cachê/aluguel é distribuído em diárias, valorizando os touros e tropeiros que levam e possuem melhores animais.
Nesta disputa, as Cias Califórnia de Taquaritinga (SP), e Cia Bela Vista de Campos Novos Paulista (SP) travaram um disputa acirrada e sadia, ambas venceram juntas dezoito das dezenove etapas que a associação realizou.
E como já era esperado, só no último round foi conhecida a Cia campeã, pelo segundo o ano, o título foi para a Cia Califórnia. “Me dediquei ao Circuito, planejei vencer este carro, até deixei de ir em outros eventos para estar aqui, e continuarei aqui no CRP” Disse o Chiquinho Nucci proprietário da Cia.
O touro ‘Abadá’ também de propriedade da Cia Califórnia venceu como melhor touro. “O touro Abadá, é cara do CRP” disse Chiquinho. O animal teve a média de 45,48 pontos.
Como revelação do ano, o goiano Lucas Divino, de Nova Crixas, levou a fivela, terminando a temporada da sexta posição. Lucas fraturou a tíbia e ficou afastado por dois meses. “Quando eu cheguei aqui, eu pensava que não ia conseguir adaptar nos touros, mas, graças a Deus eu consegui, e a prova foi que consegui o título de revelação” Disse Lucas
O campeão da etapa final do Circuito Rancho Primavera foi o convidado Luciano Castro, de Guzolândia (SP). “Estou feliz não só pelo carro, mas por ter ganhado a final do Circuito Rancho Priamvera, isso valoriza meu currículo” Afirmou o competidor de 18 anos de idade.
Além de Luciano que é campeão da Ekip Rozeta, foram convidados ainda o campeão do TOP Team Cup, competidores da PBR Brasil e EUA. “No meu campeonato existe sempre cinco vagas para convidados. Lá nos EUA recentemente temos acompanhado o trabalho do J. W. Harris que monta na PBR e PRCA, então resolvi fazer isso aqui também, acredito que só soma ao rodeio, valorizar a história dos competidores” Explicou Rogério Paitl presidente do CRP.
O touro “Tudo OK” da Cia 3B, venceu como melhor touro da etapa com 46 pontos. E a Cia Bela Vista foi a melhor boiada da final com a média 43,76 pontos.
Na disputa pelo titulo de campeão da temporada Fábio Eleutério, de Mira Estrela (SP), e Samuel Tiago, de Mirante do Paranapanema (SP), fizeram uma disputa igualada e equilibrada até o segundo round. Dai em diante, colocaram mais emoção.
No sábado, Fábio Eleutério, caiu de ‘Durex’ da Cia Califórnia, touro que ele havia escolhido no dia anterior. Enquanto Samuel Tiago havia parado.
Naquele momento, levando em considerando o a posição de Samuel Tiago, e acrescentando o bônus final ele seria o campeão.
Na semifinal Samuel Tiago, marcou a maior nota após vencer o touro coração, enquanto Fábio Eleutério marcou apenas 79,50 pontos e ficou arriscado a não entrar na final, porém acabou entrando.
Considerando as posições de cada um, antes de entrar na fina, Fábio seria o campeão novamente.
O competidor de Mira Estrela sorteou o touro “Problema” e subiu para sétimo lugar. Samuel Tiago precisava vencer a todo custo, o touro Vestígio da Boa Esperança, e não conseguiu.
‘Foi difícil eu cair de um touro, que eu escolhi, fiquei abalado, não podia ter caído, fiquei abalado, mas os amigos mandaram mensagem e fiquei confiante e deu tudo certo’ Disse o campeão que tem o patrocínio das botas Amadade parceira do CRP.
Foram 26 etapas, sendo o vinte a cinco cidades. Para 2015 a temporada já tem data para começar e encerrar. De 14 a 19 de Janeiro a primeira etapa na cidade de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e termina novamente na cidade de Quintana de 17 a 20 de dezembro.
“Fizemos um campeonato pequeno, desenvolvemos nossa metodologia, com um sistema de boiada próprio, no próximo ano tentaremos premiar o campeão do CRP com R$100 mil reais, está muito próximo que isso aconteça, resta alguns detalhes para acertar com patrocinadores, a intenção é sempre de valorizar o competidor” Disse Rogério Paitl ao final do evento.
Todas as montarias do evento você encontra neste link: http://bit.ly/1x4hGh8
Pelo site www.circuitoranchoprimavera.com.br você acompanha todos os números e resultados.
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br
Foto: Ricardo Mariotto


16-12-2014 --- Circuito Rancho Primavera realiza final em Quintana com entrada franca
Circuito Rancho Primavera realiza final em Quintana com entrada franca
Depois de percorrer 25 cidades, chegou a vez do Circuito Rancho Primavera encerrar a temporada 2014 na cidade de Quintana, 495 km de São Paulo, com premiação recorde.
O evento é uma realização da Prefeitura Municipal que realiza sua 30ª Festa do Peão, com organização do Circuito Rancho Primavera. Quintana está localizada na região de Marília e tem pouco mais de seis mil habitantes.
O Circuito Rancho Primavera realizou sua primeira edição na temporada 2013 e Quintana também foi palco da disputa final. Governada pelo prefeito Fernando Branco Nunes o rodeio acontece com ENTRADA FRANCA no recinto de Rodeio Adriano Moraes.
A premiação será de três carros zero km. Uma para o campeão da etapa final, um para o campeão nacional e outro para a melhor boiada da temporada 2014.
Um seleto time de profissionais estará presentem em Quintana. A locução será de Almir Cambra, Claudiney Mathias e Ildo Pereira. Comentários de Rogério Paitl.
Julgamento de Mauro Brosco, Ailton Bernardo, Rafael Moura, Hélio Branco e Rubinho Gouveia.
Os salva-vidas serão Popaye, Pirulito, Luciano, Alan, Burreco. Animação de arena do Garoto Juca. Portereiros Davi, Marco e Daniel.
Sonorização e sistema de imagens de Marrero Som. Fotografo Ricardo Mariotto. Produção de vídeos Ronaldo e Rodrigo Lidon. Transmissão pelas redes sociais de Renato Miura.
Assessoria Ricardo Sabino, Taturana , Thais Mathias e Porquinho. Sonoplastia de DJ Mamute e DJ Vitor. Técnico de Som Jovane e Fino.
Na arena uma disputa acirrada. Fábio Eleutério, de Mira Estrela (SP), reassumiu a liderança na semifinal do campeonato. Samuel Tiago, de Mirante do Paranapanema (SP), líder desde agosto está a apenas 476,13 pontos distante de Samuel. Embora o foco estejam nestes competidores, a farta pontuação da final deixam Davi Henrique, terceiro lugar, João Henrique Lucas quarto lugar, e Lucas Divino, provável revelação do ano, e quinto lugar com chances matemáticas.
Serão 35 montarias, sendo 25 ranqueados, cinco competidores da cidade e mais cinco convidados.
Outra disputa que envolve um carro zero km, está no título de melhor boiada da Associação TOP10. A Cia Califórnia lidera e busca o bicampeonato. Se nenhum touro surpreender apresentando um desempenho muito abaixo da média, coisa que não aconteceu nas 18 etapas da Associação TOP10, a boiada de Taquaritinga fatura o segundo título. Na segunda posição está a Cia Bela Vista.
No ranking de melhor touro, está Abadá, da Cia Califórnia, e baseado em sua regularidade, é favoritíssimo ao título.
Na programação musical Pedro Paulo e Alex na quinta-feira, 18, Ataíde e Alexandre no sexta-feira, 19, Rick e Renner no sábado, 20 e Mauro e Maicon no dia 21.
Toda cobertura da festa você encontra nos sites www.circuitoranchoprimavera.com.br e www.eugeniojose.com.br
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br
Foto: Ricardo Mariotto




Eugênio José - MTB: 67.231/SP
Colunista e Comentarista de Rodeio

www.eugeniojose.com.br
contato@eugeniojose.com.br

Twitter: www.twitter.com/eugeniojose
Facebook: www.fb.com/eugenioses
Youtube: www.youtube.com/MinutoDoRodeio
Instagram: www.intagram.com/EugenioJose

10-12-2014 --- 24ª Festa do Peão de Itaguajé
24ª Festa do Peão de Itaguajé realiza rodeio em touros esta semana
O município de Itaguajé, realiza a 24ª Festa do Peão entre os dias 11 e 14 de Dezembro.
O município com aproximadamente cinco mil habitantes realiza traz grandes profissionais e grade de shows renomada.
O rodeio é uma realização da Comissão Organizadora, sob o comando do presidente ‘Ninoza´, o evento é tem apoio da prefeitura e câmara municipal de Itaguajé, que é governada pelo prefeito Jairo Parron.
Na arena, montarias em touros com participação das Cias Paulo Emílio, Silmar Colombo, Neto Oger / 2D e Cia 2RS / Dr. Leonardo.
A locução será de Umberto Jr, Luizinho Mirante e Henrique Soares. Locução Comercial de Francis Carlos e comentários de Eugênio José.
Sonorização Áudio System, sistema de imagens VIP Produções, fogos Yanke.
Julgamento de Elias Alves de Almeida e Salva-vidas, Meio Kilo e Ramom.
O rodeio acontece no Parque de Exposições Jornalista David Nasser.
O campeão receberá uma moto zero km.
Na programação musical, Matheus Henrique e Santiago, 11, Milionário e José Rico, 12, Maria Cecília e Rodolfo, 13 e Fiduma e Jeca no encerramento dia 14.
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br



Eugênio José - MTB: 67.231/SP
Colunista e Comentarista de Rodeio

www.eugeniojose.com.br
contato@eugeniojose.com.br

Twitter: www.twitter.com/eugeniojose
Facebook: www.fb.com/eugenioses
Youtube: www.youtube.com/MinutoDoRodeio
Instagram: www.intagram.com/EugenioJose

09-12-2014 --- Team Penning no Triângulo Mineiro
De 14 a 16 de novembro, em Uberlândia (MG), o Haras Sagrada Família recebeu mais de 1.000 pessoas na realização da 3ª Prova de Team Penning e 1ª Prova de Três Tambores. “Foi um grande evento com mais de 190 competidores vindos de 20 cidades dos estados de Minas Gerais, Goiás, São Paulo e do Distrito Federal. Com aproximadamente 1.500 inscrições nos três dias de provas, a premiação passou dos R$ 50 mil, mais troféus”, comentaram os organizadores.
Segundo a equipe do Núcleo de Criadores de Cavalo Quarto de Milha do Brasil Central – NCQMBC - a prova teve três categorias não oficializadas (Iniciante, Hand Cap 3 e Hand Cap 9) e desta vez, inovou ao realizar mais quatro categorias oficializadas pelo NCQMBC. “Foi feito o nosso melhor possível para garantir qualidade em acomodações e hospedagem para os visitantes. Oferemos arquibancadas, bar, almoço e procuramos inovar ao providenciar camarotes adicionais, os quais todos foram vendidos. Houve uma preocupação especial com o alojamento, alimentação, e água para os animais o tempo todo”, acrescentaram.
Estiveram presentes, participando do evento, a presidência do Núcleo ABQM, NCQMBC, o Sr. Marcílio Otoni, o Diretor Geral de Esportes do Núcleo, o Sr. Henrique Rafael, e os dois diretores do departamento de Três Tambores do Núcleo. “Em especial, somos gratos aos competidores e visitantes pela participação efetiva”, comentou Marcílio Otoni que complementou: “Percebemos que as provas oficializadas da ABQM realizadas pelo Núcleo têm estimulado e ajudado a puxar o desenvolvimento da região sob o ponto de vista investimentos em regularização de papéis dos animais, treinamentos, nutrição animal e aquisição de animais com pedigrees em busca de aumentar as chances dos competidores nas provas. Isso nos auxilia no reconhecimento dos profissionais da região, gerando estímulo para os haras e criando melhores investimentos na cadeia produtiva”.
Participaram do Team Penning as categorias Aberta, Amador e Jovem. E dos Três Tambores a Aberta Livre.
Os campeões
Três Tambores:
Rodrigo Ferreira Rodrigues (Haras Sagrada Família- Uberlândia - MG), montando Wyatt Have
Team Penning:
Categoria Jovem: Rafael Ferreira Rodrigues (Haras Sagrada Família- Uberlândia-MG), Letícia Okasaki (Frutal - MG) e Monique Tosta Silva (Frutal - MG).
Categoria Aberta: Odair Borges de Paula (Haras Sagrada Família - Uberlândia- MG),
José Mário de Castro Barnabé (Frutal - MG) e Éder da Silva (Patos de Minas - MG).
Categoria Amador: Rodrigo Ferreira Rodrigues (Haras Sagrada Família - Uberlândia - MG), José Mário de Castro Barnabé (Frutal - MG) e Márcio Luiz Correia (Frutal - MG).
Categoria Iniciante: Odair Borges de Paula (Haras Sagrada Família – Uberlândia - MG), Ademar Maximiano da Silva Júnior (Haras Sagrada Família – Uberlândia - MG) e Mário José Ferreira Júnior (Haras Sagrada Família – Uberlândia - MG).
Categoria Hand Cap 3: Eduardo Leite (Brasília-DF), Roberto Ricken Vanderling Júnior (Betinho) – Brasília - DF e Wilson Félis (Brasília - DF).
Categoria Hand Cap 9: Walter Júnior (Tucura) Iturama-MG, Aécio Filho (Comendador Gomes - MG) e Waldivino Malaquias de Freitas (Frutal - MG)
Para ver resultados completos e fotos acesse: www.teampenningbrasil.com.br

09-12-2014 --- Ekip Rozeta terminou a temporada 2014 em Fernandópolis
No inicio da madrugada do dia 07 de dezembro, na Arena Crystal em Fernandópolis (SP), terminava a história chamada temporada 2014 da Ekip Rozeta.
Foram quatro dias de disputa, emoção, alegrias, tristezas, boas montarias, tombos inacreditáveis, touros ferozes e uma imensa equipe de trabalho fazendo a coisa acontecer.
Antes de chegar ás montarias, vamos falar um pouco de Ekip Rozeta. Porque esta brincadeira entre competidores deu tão certo e incomoda tanto?
Não preciso entrar nos méritos da questão, e muito menos tomar posição, nem a favor nem contra, por outro lado, posso fazer um pergunta, ou apenas tecer meus comentários a respeito.
Alguém, seja ele uma pessoa, ou um campeonato, que faz SESSENTA etapas no ano, sendo o campeonato com mais etapas realizadas, alguma coisa foi feito de forma correta.
Embora nessa final, eu tenha conversado menos com o Enrique Moraes, presidente e fundador juntos com os competidores da Ekip Rozeta, eu sei que, desde muito tempo, meses atrás, ele já estava ajuntando dinheiro para essa final.
Enrique Moraes, ou Ekip Rozeta, como queira, vem fazendo muito pelo rodeio sim senhor. Porque estou entrando neste assunto.
Acredito que quem coloca dinheiro do bolso, pelo segundo ano consecutivo para realizar uma final. Não sabia? Sim colocou muita grana do próprio bolso, grana que ele poderia pegar pra ele, pro futuro da filha dele, enfim, poderia fazer o que quiser, mas não fez, lutou por isso, dar grana para os competidores na final.
Talvez seja esse o segredo de tantos competidores o segui-lo tão fielmente, afinal o competidor tem participação direta em tudo. Desde gastos a investimentos, regulamento, etc.
Meus amigos, a saga de realizar campeonato no Brasil, não é fácil, e nunca será, seja lá qual for a bandeira, a tendência é sempre piorar.
Então quem consegue realizar uma final com esse nível merece sim nosso respeito, mesmo se você não gosta da Ekip Rozeta, do Enrique, enfim, essas pessoas que ficam falando pelos cantos na verdade não gostam nem de si próprio.
Volto a dizer foram SESSENTA ETAPAS, alguma coisa esse pessoal fez certo.
O rodeio foi entrada franca e sobre o público, se foi pouco ou muito não sei. O que posso dizer é que na quarta-feira, que não teve boate, só as montarias, foi o segundo melhor dia de público.
Na quinta-feira caiu um dilúvio, quem assistiu aos vídeos percebeu que mesmo a arena sendo 100% coberta, a agua invadiu a arena de tanto que choveu. Na sexta-feira, o mesmo filme se repetiu, porém a chuva foi mais serena. No sábado, deu muita gente. Então como podemos medir o público se em dois dias choveu no inicio do rodeio. Se na quarta, deu uma quantia considerável, porque quinta e na sexta não daria?
Agora se você insistir em dizer que deu menos gente do que o esperado mesmo com os agravantes que citei acima eu até concordo. Mas isso não é um problema da Ekip Rozeta, porque qualidade e atrações de todos os gostos tinham.
Isso é um problema sério que temos no Brasil, demos lugar prioridade aos shows, e o público que gosta só de rodeio se espalhou, vazou, afinal bancar um final de semana no rodeio está quase o preço de uma férias na praia.
Precisamos perder essa mania de querer que as coisas deem errado, e urgente, precisamos crescer, colaborar mais, criticar menos.
Agora vamos falar de montarias rapidamente por tópicos
LUCIANO DE CASTRO
Foi o campeão da temporada 2014 de forma indiscutível, parou em tudo, terminou em segundo lugar, tem 18 anos e um futuro brilhante se continuar nesse ritmo, não conseguiria descrever o que esse rapaz pode ganhar. Se for para a América, fará estrago grande.
DENER BARBOSA
Campeão da etapa final, e foi o competidor que mais venceu na temporada, sete etapas. Voltou a montar bem como montou em 2011 e 2012. Outro competidor que pode fazer um futuro brilhante. Ele terminou o evento final 0,25 pontos a frente de Luciano de Castro. Como marcou a melhor nota na primeira noite, e na segunda foi escolha, optou pelo touro “Problema”, se manteve na liderança até a final, onde novamente escolheu o mesmo touro, não fez graça, mesmo montando bem, não arriscou, quis e conseguiu o título.
KENY ROGER
Não fez a final que pediu a Deus com toda a certeza. Mas, ele foi a revelação do ano, tinha chances de título, porém, um pisão no round I tirou ele praticamente da disputa, ele até tentou o round II, mas era visível que as dores não o deixavam continuar, e ser o Keny que vimos na temporada. Campeonato é assim, além de fazer uma ótima temporada é preciso ir bem também na final.
TOURO ESTILINGUE
Este touro da Cia Shalon, ganhou destaque na etapa de Rio Verde (GO) onde deu nota recorde do evento. Chegou a final bem despontado de nota, porém, não teve uma final feliz assim dizendo. Foi um touro que sentiu e muito a arena encharcada na sexta-feira, não foi bem. Já no domingo conseguiu desenvolver um pouco mais seu rendimento e ganhou a fivela de touro do ano.
CIA PAULO EMÍLIO
Boiada chegou com muita vantagem na final e, com o plantel que tem, não teve dificuldades para confirmar o título.
CIA 2M
A boiada revelação do ano, mesmo entrando com o campeonato já em andamento, quase venceu também como melhor boiada. De propriedade de Marcondes Maia / Bio Santos que patrocinou o carro para o campeão da Ekip Rozeta, a boiada conseguiu entrar na elite do seguimento claro, com grandes investimentos que passam da casa de um milhão de reais.
ANDRÉ/SERGINHO DE MOGI
Com atuações como do touro Cangaço, animal selecionado para final, a equipe surpreendeu e venceu como melhor boiada da final. A conquista veio com todos os méritos afinal, contra números não há argumentos, mas confesso que não esperava, porém, como já disse várias vezes, rodeio não tem roteiro, ganha quem for o melhor.
TOURO BRINQUEDO
Touro derrubou na final o excelente competidor Alisson José Marques, selando a vitória como touro revelação. Animal é de propriedade do Fabrício da Marca Taça.
MANDRAQUE
Ele foi imbatível, touro da Cia Marcelo Castro, que já havia ganhado como melhor touro em 2013, volta a fazer uma final impecável. Na final derrubou, assim como ano passado, Cláudio Marcelino de Ribeirão dos índios. Fechou o rodeio com a incrível nota 48 pontos.
ENRIQUE MORAES
Como disse em entrevista teve momentos que ele pensou: “Acho que não vou conseguir”. Mesmo sem nenhuma grande marca, porém com várias empresas do seguimento e ajuda dos profissionais do meio, consegui fazer a final, em parceria com Luciano de Oliveira. Foram dezenas de profissionais de vários seguimentos, 25 boiadas, várias locutores e comentaristas, enfim, uma seleção de grandes profissionais, com diversos talentos na arena, a final foi um show de rodeio, fico feliz te ter participado mais uma vez deste evento.
Resultado completo: http://bit.ly/1yKsoqA
Entrevistas: http://bit.ly/EJEntrevistas
Vídeos: http://bit.ly/EJVideos
Por Eugênio José - MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br

24-11-2014 --- Whiz N Tag Chex se consagra em campeonatos internacionais.
Mais uma vez a genética campeã de Whiz N Tag Chex se consagra em campeonatos internacionais.
Com uma incrível performance, o cavalo Lil Ruf Whiz N Tag foi o grande campeão da 39ª edição do IRHA/IRHBA/NRHA Futurity na modalidade Rédeas. O evento ocorreu entre os dias 8 e 15 de novembro, em Manerbio, na Itália.
Lil Ru Whiz N Tag é filho do garanhão Whiz N Tag Chex, propriedade de André Tripoloni, do Tripol Ranch. Atualmente, Whiz N Tag Chex é o 6º no ranking de reprodutores da National Reining Horse Association 2014, sendo o 3º em atividade. Seus filhos já ganharam mais de U$ 1,6 milhão nos Estados Unidos.
Entre seus filhos, destaque para Blue Collar Tag, atual campeão NRBC Open 2014, que conquistou no dia 15 de novembro a 3º colocação no AQHA World Championship Show 2014, na modalidade Rédeas Sênior.

24-11-2014 --- Hipismo Rural e Rédeas foram sensações das provas válidas pela 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe
Hipismo Rural e Rédeas foram sensações das provas válidas pela 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe
A família arabista de todo o Brasil comemorou mais um dia intenso de atividades da programação da 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe, no Helvetia Riding Center, em Indaiatuba (SP).
Desta vez, os grandes destaques da sexta-feira (21) foram a Copa Nacional do Cavalo Árabe de Hipismo Rural e a Copa Nacional do Cavalo Árabe de Rédeas promovidas pela ABHIR - Associação Brasileira dos Cavaleiros de Hipismo Rural.
Pela Copa Nacional do Cavalo Árabe Rural – Série 0,80m, o campeão foi Murilo Botardo Stabelini que montou El Lalique, o conjunto cravou o tempo de 67 segundos e 95 milésimos; o reservado campeão foi Felipe Ávila Honório com FHJ Jaklana Kam com o tempo de 68s 06 milésimos e; em terceiro lugar, Murilo Botardo Stabelini com Lady Tânia com o tempo de 69s 30 milésimos, todos os três competidores marcaram seus tempos finais com pista limpa (sem derrubar nenhum obstáculo).
Além desta Prova, foi realizada também a Promocional de Hipismo Rural com as categorias Intermediária, Nível 1 e a Estreante. Na Intermediária, por exemplo, Murilo Stabelini foi novamente o vencedor montando El Lalique com o tempo de 73 segundos e 06 milésimos; na segunda colocação ficou Ricardo Brandolise Vidotto que montou RFI Hafisa El Shiraz e marcou o tempo de 73s e 63 milésimos e na terceira colocação, Felipe Ávila Honório que montou FHJ Jaklana Kam e marcou o tempo de 79s e 60 milésimos.
“Foi muito emocionante, nesta prova nunca tinha ganhado e agora consegui o primeiro lugar com o Cavalo Árabe”, comemorou Murilo que também faturou o título na Copa Nacional de Rédeas pela Categoria Jovem.
E por falar nela, também não faltou emoção e torcida vibrante nas baterias classificatórias e finais da Copa Nacional de Rédeas. Na categoria Aberta, o campeão foi Mauri Fonseca, de Porto Alegre (RS), montando Star Magic e cravou o tempo de 23 segundos e 21 milésimos; como reservado campeão ficou Felipe Ávila Honório montando FHJ Jaklana Kam que marcou o tempo de 23s e 56 milésimos e em terceiro lugar, Brenda Leite Demartine que montou Celebrity e completou a prova pelo tempo de 24 segundos e 57 milésimos.
“É uma emoção realmente muito grande, porque a gente participa de provas o ano inteiro, se dedica e treina regularmente e que agora consegui colher os frutos deste empenho e defendi o título que ganhei no ano passado também”, comemorou Mauri que é bicampeão da Prova de Rédeas (2013 e 2104) e que também no domingo participará da categoria Aberta da Prova de 6 Balizas outra especialidade do cavaleiro que voltará em pista montando novamente a sua fiel égua Star Magic.
Na categoria Jovem, o cavaleiro Murilo Botardo Stabelini com El Lalique ficaram em primeiro lugar com o tempo de 23s e 62 milésimos; em segundo, Isabela Servelin Coan com Zahra Canchim com o tempo de 25s e 87 milésimos e, em terceiro, Vitor Bernardino com Folhetim Pat, com o tempo cravado de 26 segundos.
Neste sábado (22) na pista coberta do Helvetia Riding Center prosseguem as competições da Nacional de Performance e na pista externa a Copa Nacional Avert de Team Penning e a Copa Nacional Avert de Ranch Sorting.
Lembrando que no início da noite, a partir das 19 horas, acontece a grande final do Campeonato Nacional de Égua e o Campeonato Nacional Cavalo, competições em que serão conhecidos o Campeão e a Campeã da 33ª Nacional, além das premiações Prata e Bronze. E complementando a programação do dia, os Campeonatos Nacionais Halter com Batom e o Halter Amador.
E no domingo, último dia de atividades do Cavalo Árabe, a programação se completará com a Copa Nacional de Salto, a Copa Nacional 6 Balizas, mais o tira-teima com os dez melhores colocados da Nacional ANCAF de 3 Tambores, além das Nacionais do Cruza-Árabe e do Anglo-Árabe e em clima de grande confraternização, na parte da tarde a realização da Festa Brasileira que vai comemorar com todos os arabistas, as bodas de Ouro da ABCCA.
“Tivemos uma programação intensa, por isso estamos satisfeitos pelos resultados até aqui alcançados, temos acompanhado surpresas boas nas competições. É com muito orgulho que podemos presenciar os arabistas reunidos numa grande festa com criadores, treinadores, competidores e a diretoria da ABCCA. Todos estão de parabéns em organizar uma festa tão bonita. Recebemos animais de todo o Brasil o que reforçou o nível e a qualidade das competições e com a Festa Brasileira comemorativa aos 50 anos da Associação fecharemos com muito glamour e alegria a nossa 33ª Nacional aqui em Indaiatuba”, destacou Pedro Amaral, vice-presidente de Exposições da ABCCA.
A programação da Nacional do Cavalo Árabe é gratuita e está aberta ao público. Aos visitantes que comparecerem no Helvetia, a administração do local está trabalhando com um Vallet de R$ 15,00 para o estacionamento. As provas da ABCCA também podem ser acompanhadas ao vivo pela internet pelo site www.zonarural.tv
Mais informações sobre a 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe no site www.abcca.com.br (hotsite específico sobre o evento), por e-mail: abcca@abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744

24/11/2014 --- 24/11/2014Lincoln Junqueira Figueiredo
Seja no Laço de Bezerro ou laçando boi, o brasileiro Lincoln Junqueira Figueiredo vem se tornando uma das atrações deste 41º Yearsofthe AQHA World Show, que teve início no dia 7 e irá o dia 22 de novembro em Oklahoma City, EUA.

Representando os competidores do Brasil, a estrela do quartista Lincoln Figueiredo continua brilhando na terra do “Tio Sam”, sendo muito aplaudido em suas apresentações. Montando novamente o cavalo Mr Fritz Wood (MrJunewood x Fritz Lovelady, por China Fritz), sagrou-se campeão de Laço Pé (Amador), na sexta-feira, dia 14, com 226,5 pontos, superando 55 concorrentes.Também competindo nesta mesma categoria com o rosilho Hicka Rey (Dual Rey x HickaBoonboon, por Peptoboonsmal), obteve a sexta colocação da prova, totalizando 216. Aliás, ambos os cavalos foram adquiridos por Lincoln no ano passado, após se destacarem no mundial de 2013 e estão aos cuidados do treinador norte-americano JD Yates, que vem participando ativamente no Brasil nos últimos anos em eventos oficiais da ABQM.

Veja os resultados gerais, acessando o site: www.aqha.com

Foto de KC Montgomery - extraída do Site da AQHA

24-11-2014 --- Campeão Mundial de Laço de Bezerro
Lincoln Figueiredo é campeão Mundial de Laço de Bezerro
Os quartistas brasileiros têm muito o que comemorarem neste 41º Yearsofthe AQHA World Show, realizado de 7 a 22 de novembro em Oklahoma City, EUA.
Entre os brasileiros que estão competindo no evento, brilhou a estrela do laçador Lincoln Malheiro Junqueira Figueiredo, da cidade de Presidente Prudente (SP). Montando o cavalo Quarto de Milha, de pelagem buckskin,Mr Fritz Wood (MrJunewood x Fritz Lovelady, por China Fritz), sagrou-se campeão de Laço de Bezerro (Técnico), da Classe Amador, na noite de ontem (13/11), totalizando 222 pontos. De quebra, Lincoln também conquistou nesta prova o quinto lugar montando o cavalo rosilho Hicka Rey (Dual Rey x HickaBoonboon, por Peptoboonsmal), com a nota 214, e a terceira colocação na prova doBreakawayRoping com a marca de 2s291. No mundial de 2013, o também brasileiro Rafael Paoliello, trabalhando com Hicka Rey, ficou em 7º lugar na final do Laço Pé e sagraram-se campeões do Intermediário.
O cavalo Mr Fritz Wood foi treinado pelo campeoníssimo laçador norte-americano JD Yates, que vem participando ativamente no Brasil e obtendo grande sucesso nos eventos oficiais da ABQM.
Lincoln mostrou que além de ser um grande laçador, também possui um olho clínico para fazer bons negócios, pois havia adquirido em 2013 ambos os animais, Hicka Rey e MrFreitz, pois este cavalo no World Show do ano passado foi o campeão de Laço Pé (Júnior) tendo em seu lombo o treinador Jay LynWadhams, totalizando 227,5, e com o laçador Luke Jones o título de reservado campeão Laço Cabeça (225,5).
Jody Reynolds, jornalista da American Quarter Horse Association, revelou em entrevista para Lincoln Figueiredo que com esta vitória ele passou a ser o primeiro sul-americano amador a conquistar o título do World Show.
Veja os resultados gerais, acessando o site: www.aqha.com
Foto extraída do Site da AQHA.

04-11-2014 --- Cia de rodeio colocará seus principais touros a venda.
Renomada Cia de rodeio colocará seus principais touros a venda.

Umas das grandes dificuldades para o mercado de pulos na atualidade do rodeio brasileiro, sem sombra de dúvidas e encontrar animais prontos e qualificados para o rodeio.

Embora o mercado tenha aquecido nos últimos anos, com preços consideravelmente altos, a procura por ‘animais de ponta’ é diária entre os grandes tropeiros.

Nomeando de ‘Oportunidade única’ venho informar, que a Cia de Rodeio WPeres, de Oswaldo Cruz (SP), colocará a venda seus principais touros no Leilão Astros da Arena, que será realizado no dia 12 de novembro, em São José do Rio Preto (SP) no recinto de Leilões Anísio Haddad, localizado na BR153, Km 71.

No mercado desde 2010, a Cia ganhou destaque quando estreou em Barretos em 2011, onde touro Jerry, e a Cia WPerez ficaram em segundo lugar na maior festa do Peão do Brasil, em 2013, o sonho particular do seu proprietário Washington Peres foi realizado, melhor boiada em Rio Verde considerado o melhor rodeio em touros do Brasil.

De lá para cá, todos os grandes rodeios e todos os campeonatos receberam os touros da cia, que hora tem 48 no plantel porém, no leilão só os melhores.

Abaixo um resumo de cada animal quer irá a leilão. Um detalhe importante que o leilão será presencial, ou seja a única forma de adquirir estes touros será estando lá em São José do Rio Preto. Umas das grandes dificuldades para o mercado de pulos na atualidade do rodeio brasileiro, sem sombra de dúvidas e encontrar animais prontos e qualificados para o rodeio.

Embora o mercado tenha aquecido nos últimos anos, com preços consideravelmente altos, a procura por ‘animais de ponta’ é diária entre os grandes tropeiros.

Nomeando de ‘Oportunidade única’ venho informar, que a Cia de Rodeio WPeres, de Oswaldo Cruz (SP), colocará a venda seus principais touros no Leilão Astros da Arena, que será realizado no dia 12 de novembro, ás 14:00h em São José do Rio Preto (SP) no recinto de Leilões Anísio Haddad, localizado na BR153, Km 71.

No mercado desde 2010, a Cia ganhou destaque quando estreou em Barretos em 2011, onde touro Jerry, e a Cia WPerez ficaram em segundo lugar na maior festa do Peão do Brasil.

Em 2013, o sonho particular do seu proprietário Washington Peres foi realizado, quando ganhou a fivela de melhor boiada em Rio Verde (GO), considerado o melhor rodeio em touros do Brasil.

De lá para cá, todos os grandes rodeios e todos os campeonatos receberam os touros da cia, que hora tem 48 no plantel porém, no leilão só os melhores.

Abaixo um resumo de cada animal quer irá a leilão. Um detalhe importante que o leilão será presencial, ou seja, a única forma de adquirir estes touros será estando lá em São José do Rio Preto.

Free Lance: Touro com quatro anos e meio, com participação no rodeio de Rio Verde (GO), Na etapa do CRP em São Pedro do Turvo (SP) deu a nota 45,50 pontos. Edevaldo Ferreira em Ourinhos marcou 91,25 pontos montando nele.

Fantasia: Com a idade de sete anos, o touro já esteve em rodeios como: Jaguariúna, Barretos, Americana, Rio Verde (GO), Cassilândia dentre outros. Em três rodeios desta temporada, ultrapassou a média de 45 pontos, sendo Maracaí (SP) com 45,25, Palmital (SP) com 45,75 e Oscar Bressane (SP) 45,50 pontos.
Labirinto: Um dos touros com mais destaque dentro da boiada, com cinco anos de idade, ganhou como melhor touro em Quirinópolis (GO), Ribeirão Claro (SP), Dourados(MS), Taquarussu (MS), Angélica(MS) e Primeiro de Maio(PR).
Em 2013, em Rio Verde (GO), considerado o melhor rodeio em touros do Brasil, proporcionou a melhor nota, 92,75 pontos.
Além de Rio Verde, atuou em Americana (SP), Jaguariúna (SP), Rio Verde (GO), Guaxupé (MG), Londrina (PR), entre outros mais. Com média superior a 45 pontos, marcou 46,25 pontos em Palmital (SP) e 46,50 em Quirinópolis (GO).
Foguinho: Mantém uma média acima de 44,50 pontos, sua idade é de sete anos com participação do Iron Cowboy da PBR, e rodeios como Americana (SP), Jaguariúna (SP), Barretos (SP), Divinópolis (MG), Londrina (PR), Paranaíba (MS), Cassilândia (MS), Dourados (MS), etc. Na final de Cassilândia deu a nota 91,75 pontos, em Dourados, obteve a nota 45,50 e em Londrina 45,75 pontos.
Atraente: Touro nacionalmente conhecido após dar o título de campeão nacional para Edevaldo Ferreira pela PBR com seis anos de idade participou de finais como: Rio Verde, Divinópolis, Jaguariúna, Americana, Guaxupé e Colorado. Vasto histórico de notas acima de 45 e 90 pontos, como Divinópolis onde deu 92,24 na final e ainda Americana (SP) com 45,75 pontos e Ribeirão Claro (PR) com 46,00 pontos pelo Circuito Rancho Primavera.
Diferente: Aos sete anos de idade, diferente tem em seu currículo festas como, Colorado, Londrina, Paranaíba, Ourinhos, Americana, Jaguariúna, Rio Verde, Guaxupé, Divinópolis, Quirinópolis, etc.
Tem o título de melhor touro em Primeiro de Maio(PR), Ipaussu (SP), Limeira (SP), Santa Bárbara do Oeste (SP) e Santa Mercedes (SP). Animal com a Média acima de 44,50 e notas acima de 89 pontos destaques para Pompéia (SP) com 92,25 pontos e Palmital (SP) com 46,25 e São Manuel (SP) com 45,75 pontos.
Magnata: Touro com seis anos de idade. Animal com média de 44,00 pontos, com notas acima de 88 pontos. Destaque para Dourados (MS) com a nota 90,25 pontos, Junqueirópolis (SP) com 90,00 pontos e Adamantina (SP) com 45,00 pontos.

Mamba Negra: Sua grande característica é a constância, suas médias são 44,50 pontos e notas acima de 90,00 pontos. Em Rio Verde (GO) deu a nota 91,75 pontos, e em Divinópolis (MG) 45,00 e Jales (SP) com 45,50 pontos.

Ponto Final: Destaque no Circuito Rancho Primavera onde liderou quase toda a temporada 2014 como melhor touro, aos cinco anos de idade, ele tem o respeito dos competidores e reconhecimento nacional, e baixo índice de paradas, participou das mais renomadas finais de rodeios no Brasil além de ser desafiado pelos melhores competidores da atualidade.
Melhor touro, em Cassilândia (MS), Jales (SP), Luiziânia (SP), Palmital (SP), Maracaí (SP), Santa Cruz do Rio Pardo (SP), Borebi (SP), Limeira (SP).
Possui a excelente média de 45,50 pontos, tendo seu recorde de 47,50 pontos em Jales e ainda deu campeão em Rio Verde (GO) em 2013.
Babadinho: Touro especial com seis anos de idade, animal capão, com notas na casa de 88 pontos e média de 44,00 pontos. Em Americana e Palmital deu a nota 44,50 e em São Pedro do Turvo a nota 89,75 pontos.

Jerry: Touro com sete anos de idade. É recordista em fivelas, participou das finais dos melhores rodeios do Brasil incluindo Barretos, sua média é 45,00 pontos e sua nota final é sempre na casa dos 90 pontos.

Cama de Gato: Touro com seis anos de idade e que vem apresentando uma dificuldade enorme para os competidores completarem oito segundos. Sua média é de 45,00 pontos e quando conseguem os oitos segundos nele, sua nota é na casa de 90,00 pontos, como foi o caso de Ibirarema (SP), onde de campeão com a nota 91,75 pontos. Em Cassilândia obteve a nota 46,00 enquanto em Jales (SP) a nota 45,75 pontos.

Oxigênio: Touro com quatro anos e meio. Animal jovem com futuro promissor, médias individuais na casa de 44,50 pontos e notas finais de 90,00 pontos. Em Ourinhos proporcionou a nota 91,25 pontos em Junqueirópolis 45,75 e Assis 45,25 pontos.

Yellow: Com a média de 44,50 pontos e seis anos de idade, sempre proporciona aos competidores notas na casa de 89 pontos, como em São Pedro do Turvo (SP) com 89,75 pontos, em Assis 44,75 e em Adamantina 44,50 pontos.

Informações:
Sobre os touros: Washington (18) 99794-0997
Leiloeira: Programa Leilões (043) 3373-7077
Astros da Arena: 017 99772-5567

Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br
Foto: Ricardo Mariotto

03-11-2014 --- PBR Finals: Uma mega produção de show para apenas oito segundos
PBR Finals: Uma mega produção de show para apenas oito segundos
Um relato detalhado sobre os bastidores da mega final mundial da PBR World Finals em Las Vegas

A palavra produção anexada a uma grande equipe, nos faz lembrar os shows musicais aqui no Brasil, mas nenhuma produção de show chega perto do que vi na produção da PBR World Finals em Las Vegas.
Posso estar exagerando, mas mentindo eu não estou, é muita coisa para apenas oito segundos. É muita coisa boa, e entendo porque muitos organizadores vão á Las Vegas para aprender, embora a maioria das coisas seja quase impossível de se aplicar aqui no Brasil, no quesito organização estamos anos atrás deles, americanos, os caras simplesmente pensam em tudo, porém serão sempre nossos inspiradores e vejo muita gente fazendo esforço para trazer pelo menos parte dessa produção para cá. Embora já tenha falado muita coisa no meu site, venho desta vez nesta coluna partilhar algo do que vi em Las Vegas, no quesito organização, bastidores.
Eram 5:59h da tarde em Las Vegas na quarta-feira, 22, de outubro quando as luzes de apagaram e um alerta disparou.
Uma gravação avisava que haveria fogos, barulho, estouros na abertura. ( A PBR Brasil já faz isso por aqui). Na sequencia os locutores deram as boas vindas, trinta segundos depois o primeiro competidor já estava sendo chamado. Sem enrolação.
Tudo muito rápido, ordenado e cronometrado. Em minha primeira viagem aos EUA, eu não ia me contentar em olhar somente touros e competidores, embora eles fossem o centro de tudo, eu fiquei observando como tudo aquilo funcionava.
Uma oração rápida, muito respeito, nem é preciso pedir: “Quem estiver fumando apague o cigarro, ou quem estiver bebendo largue a latinha”, o respeito é imediato, na sequência o hino nacional dos EUA, nem precisa falar como esse momento é literalmente respeitoso.
Ao final do hino, todos os competidores regressavam ao fundo dos bretes automaticamente. Entrava em cena a equipe de produção desmontando tudo. Era bonito de se ver.
Doze homens fixos, mas em alguns momentos ele chegavam a vinte, iam desmontando, desparafusando, guardando, enquanto os salva-vidas eram apresentados lá em outro canto e mais algumas palavras dos locutores pronto, já ia sair o primeiro touro.
Ao todo a abertura demorava em torno de 12 a 15 minutos. E por muitas vezes era impossível acreditar que tudo que era montado para a ocasião seria desmontado a tempo. Acredite, era muita coisa.
Para desmontar era rápido sim, mas montar e elaborar tudo aquilo era necessário horas de trabalho. A produção do evento iniciava os trabalhos todos os dias as 8:00h da manhã, as vezes as 7:00h, muito trampo para que tudo ficasse bonito aos que se sentavam nas arquibancadas ou até mesmo acompanhavam pela internet.
Eles chegaram á Las Vegas cinco dias antes, para descarregar toneladas de equipamentos alocados em várias carretas.
No mesmo local da sala de imprensa, em um canto mais separado funcionava uma espécie de escritório, com assessoria de imprensa, pessoas responsáveis pelo site, redes sociais, escritores, ranking, etc. Nesse local trabalhava aproximadamente trinta pessoas.
O rodeio terminava pontualmente as 20:30h, aproximadamente vinte minutos depois, já era possível ter em mãos um quarteto de folhas com o resultados diário, ranking atualizado, ranking do Rookie Of The Year impresso para conferencia.
E na sequencia quando chegávamos ao bar ou hotel onde era realizado o sorteio ou a escolha, tudo já estava pronto, com lista nas mãos dos competidores e cenário devidamente ajeitado.
Na arena a sincronia era algo cinematográfico. Flint o animador coadjuvante de tudo, sabia o segundo exato de começar uma brincadeira e termina-la, e a porteira abria na sequencia, sempre precisar de alguém falando ao microfone: “Abriu a porteira”.
As luzes da abertura, as explosões, em um ambiente fechado, sem ficar sequer um resquício de fumaça após a execução de tudo.
Lá fora, não se pagava estacionamento, e mais um show de organização, dezenas de pessoas separando taxi de carros comuns, indicando exatamente onde era para estacionar ou parar.
Fui de taxi praticamente todos os dias, hora nenhuma o trânsito ficou engarrafado. Quando você descia, pessoas segurando os carros nas ruas para sua passagem. Embora eu não tenha sentado nas arquibancadas, era possível observar os setores e lugares devidamente sinalizados e mais pessoas indicando o local caso alguém não o soubesse.
Um dia fui até a bilheteria para auxiliar um amigo que lá conheci para a compra de ingressos, sempre tinha um lugar, e a orientação era a mesma de qualquer jogo de basquete ou futebol americano por lá.
Um show de organização e treinamento com pessoas comprometidas a fazer aquilo que foram designadas. O espetáculo dos oito segundos era completo sim, porém, muita gente fazia com que este espetáculo fosse mais do que um touro pulando e um competidor em cima tentando vencer os oito segundos.
Os juízes ficavam fora da arena, demorei dois dias para localizar onde eles estavam. Dentro a arena, quatro salva-vidas, o espaço era pequeno, mais o animador Flint, e o fotografo Andy Watson. Eram duas câmeras no chão, nos cantos da arena, eu ficava praticamente em cima de uma, fora os citados tinha ainda os portereiros e duas ou três pessoas mais, mais o laçador com um cavalo, hora nenhuma eles entravam, ou passavam a frente das câmeras, eles sabiam exatamente onde deveriam ficar posicionados.
Nosso espaço de trabalho (imprensa) era pequeno, mas com cuidados e distribuição e rotatividade todos conseguiam fazer o seu serviço.
Na parte dos escritores, ou colunistas, impressionante a rapidez, como ao mesmo tempo que colhiam os depoimentos da coletiva de imprensa, o release já era montado para disparar para toda a mídia. Alguns trabalhavam de 16 a 20 horas por dia. (Sei bem como é isso).
Textos enormes, com diversas informações, vídeos editados, redes sociais, atualizadas, tudo em nome da velocidade, informação rápida em nome da montaria em touro, neste caso.
Não tínhamos acesso ao fundo dos bretes mas, todos os dias, a melhor nota da noite ou mais um ou dois competidores destaques estavam lá, e todos nós podíamos fazer perguntas, eu não perdi a chance e perguntei todos os dias.
Lá na imprensa, duas garotas falam português, Miriaham, e Megan, que recentemente morou no Brasil e nos ajudavam muito por lá, inclusive na tradução, o mundo podia entender o que perguntei e o que Silvano respondia, afinal ele foi em quatro das cinco coletivas.
Um buffet era servido todos os dias para a imprensa, uma geladeira com refrigerante e agua personalizada com a foto de JB de um lado e Bushwacker do outro. Nada de tietar competidor lá, era profissional a coisa, tudo bem que depois que Silvano ganhou, essa regra foi quebrada.
Sorteio impresso diariamente em material especial como se fosse um folder, com quatro páginas com informações da PBR e do round anterior.
Gostando de rodeio ou não é um espetáculo que eu garanto que vale a pena. Acho até que a PBR/USA, poderia explorar mais o marketing aqui no Brasil, encontrei muitos brasileiros que estavam em Las Vegas e não sabiam do evento e ficavam admirados quando eu falava que estava acontecendo um mundial de rodeio e que o Brasil provavelmente seria campeão.
Aliás, uma dica para curtir a festa, já escrita em touro texto, não podemos ser tão nacionalistas, temos que curtir a país deles, eles aplaudindo e mostrando como gostam das montarias, e como gostam, torcem mesmo, aplaudem, vibram, gritam, e vale sempre dizer, depois do rodeio, não tem show sertanejo ou country, é montarias em touros mesmo. É bonito de ser ver, não adianta eu escrever, só indo e estando lá, eu acompanho pela internet faz dez anos, vi outras pessoas escreverem, porém só quando cheguei lá que puder degustar dessa magia que é o rodeio americano.
Uma informação importante é que, na abertura, quando os competidores são chamados um a um você sente o tanto que o público gosta de cada um, é como se fosse uma espécie de Fanmometro, uma palavra que acabei de inventar que seria um termômetro dos fãs.
Na parte das montarias, esse ano, mais uma vez aconteceu tudo ao contrário do que esperávamos, ou pelo menos que eu esperava.
Eu acreditava que, João Ricardo, Fabiano Vieira, Silvano Alves, Guilherme Marchi e Mike Lee, iam round a round disputar este título. Não aconteceu assim.
Foi a final que mais mudanças teve no TOP 10, e mudanças significativas. Três competidores dominaram a final. Silvano Alves claro parou em tudo, e foi sem sombra de dúvidas o ‘cara’ desta final.
J. B. Mauney (2º) e J. W. Harris (3º) mostraram porque são os melhores americanos em atividade, e deram um show de montarias.
Vamos ver agora como ficou o top 10 do ranking mundial e sua mudanças.
1 – Silvano Alves – Chegou a final em terceiros lugar
2 – João Ricardo – Chegou em primeiro
3 – Matt Triplet - Se classificou para a final em sexto lugar
4 – J. B. Mauney – Chegou em 17º lugar.
5 - Fabiano Vieira - Chegou em segundo lugar
6 – Eduardo Aparecido – Estava em nono, ganhou três posições
7 – Mike Lee – Entrou em quinto, perdeu duas posições
8 – Guilherme Marchi – Perdeu quatro posições era quarto quando começou
9 - J. W. Harris – Esse foi o grande destaque, chegou em 31º na final
10 – Cody Nance – Chegou em sétimo perdeu três posições.
Ficaram de fora do TOP10, L. J. Jenkins, que era o décimo terminou na 12ª posição e Gage Gay, que entrou em oitavo e terminou em 11º. Tudo isso se falando em ranking mundial.
O milionário, esporte direciona muito dinheiro para o competidor por lá, fora os prêmios, os patrocínios são até assustadores, não vou falar em valores, mas além da grana que é destinada aos competidores, eles ainda ganham dinheiro quando entram no TOP05, TOP10, na final mundial, para dar autógrafos, cada marca na camisa daqueles competidores equivalem a milhares de dólares, as regras também variam, de acordo com cada acordo, mas é algo inimaginável, porém valorização merecida.
Foi uma experiência impar que jamais esquecerei, e claro o conhecimento lá adquirido, só nos dá forças, para lutar ainda mais pelo nosso esporte aqui no Brasil.
É possível melhorar, é possível valorizar e continuo tentando, não vou desistir do nosso rodeio brasileiro que hoje domina o mundo.
Foto: André Silva
Fotos e vídeos de Las Vegas: http://instagram.com/eugeniojose
Todos os textos da cobertura: bit.ly/10LRidD
Por Eugênio José – MTB:67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br

28-10-2014 --- 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe
33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe comemora os 50 anos da ABCCA e consagra a raça como o Cavalo Global
Evento será realizado entre 19 a 23 de novembro em Indaiatuba (SP)
A 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe, de 19 a 23 de novembro, no Helvetia Riding Center, em Indaiatuba (SP) tem duplo objetivo: ser o mais completo evento da raça no ano e comemorar os 50 anos de fundação da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA).
O departamento de Esportes da Associação informou que estarão participando deste evento em torno de 750 cavalos com aproximadamente 1.100 inscrições nas mais diversas modalidades, em função que muitos cavalos são inscritos em mais de uma modalidade de prova.
“Com certeza, faremos em Indaiatuba uma festa do Árabe, com a presença não somente de participantes do Brasil, mas de criadores, cavaleiros e treinadores de várias partes do mundo. Trata-se de um público diferenciado e apaixonado, que acompanhará com muita empolgação o mais importante evento do Cavalo Árabe no ano”, diz Fábio Amorosino, presidente da ABCCA.
Amorosino destaca que o Cavalo Árabe participa de praticamente todas as modalidades, como provas de Enduro, Team Peanning, Ranch Sorting (apartação), hipismo clássico, hipismo rural, baliza, três tambores e entre outras. Enfim, é um cavalo com suas múltiplas qualidades.
Esse crescimento do Árabe resulta do trabalho da ABCCA nos últimos 50 anos. “É indiscutível a contribuição dos criadores brasileiros para o progresso e evolução da raça, hoje reconhecida por seu padrão internacional. O Cavalo Árabe do Brasil é padrão exportação. Temos animais exportados para a Austrália, a Europa como um todo, Emirados Árabes, Arábia Saudita, Estados Unidos e América do Sul. Enfim, nosso cavalo é global e reconhecido por sua qualidade no mundo inteiro”, comemora o presidente da ABCCA.
Durante a Nacional acontece no dia 21 (sexta), a partir das 20 horas, o Leilão Excellence 2014 promovido pelo Haras Carandá, do criador Paquito Carrasco e mais seus convidados especiais. Serão leiloados 35 lotes sendo 30 animais entre potras e éguas preparadas para criação ou exposição e 05 embriões, produtos de genética consagrada e vencedoras de exposições e de mães campeãs dos principais campeonatos do Cavalo Árabe. “Preparamos lotes com pedigrees super selecionados com procedência campeã que poderão incorporar qualquer plantel em nível mundial”, completa Paquito.
Festa Brasileira – No domingo (23.11) os criadores vão celebrar em clima de muita confraternização a Festa Brasileira, uma iniciativa inédita que terá apresentação de 38 animais de conformação de linhagens consagradas, todos pertencentes a criadores brasileiros. “Será uma grande oportunidade para reunir criadores do Brasil e do exterior para apreciarem o que temos de melhor do Cavalo Árabe entre garanhões, matrizes, potros e potras de propriedade e criação brasileira”, destaca Sylvio Barbosa Neto, que é um dos criadores que pertencem ao grupo organizador desta grande Festa que está marcada para o horário a partir das 12 horas e segue pela tarde até às 17 horas. Nesta Festa Brasileira que acontecerá na pista coberta do Helvetia Riding Center também haverá um ambiente temático no estilo de boteco em casa onde se servirá comidas e bebidas típicas brasileiras e que será animado com uma vibrante roda de samba. “Além de uma importante vitrine de apresentação e exibição de nossos animais também faremos dessa oportunidade um momento de celebração e comemoração dos 50 anos da ABCCA”, diz Neto.
Mais informações sobre a 33ª Exposição Nacional do Cavalo Árabe podem ser acessadas no site www.abcca.com.br onde já está disponível um hotsite específico sobre o evento. Ou encaminhe e-mail para: abcca@abcca.com.br ou ligue (11) 3674-1744

19-09-2014 --- 21ª Exposição Internacional do Cavalo Árabe
Alto nível das provas e premiações especiais coroaram a 21ª Exposição Internacional do Cavalo Árabe em Avaré

Mais uma vez o Cavalo Árabe mostrou a sua força e realizou uma programação que fez a diferença durante a 49ª Exposição Municipal Agropecuária de Avaré (EMAPA), que contou com participação de 180 conjuntos.

Estiveram presentes ao Parque ‘Dr. Fernando Cruz Pimentel’, dos dias 11 a 14 de setembro, competidores de várias partes do Brasil, para a disputa de diversas categorias distribuídas por modalidades, sexo e idade em provas pela Breeder´s CUP 2014 e da 21ª Exposição Internacional do Cavalo Árabe, além das provas da ANCAF – Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional.

O grande destaque da Breeder´s Cup, que este ano distribuiu R$ 228 mil em premiações, foi conferido para o criador Salim Mattar, do Haras Sahara, de Matozinhos (MG), que se sagrou campeão da Copa de 2014 ao somar 991 pontos, com três potrancas participantes: SAHARA ANGEL (331,5 pontos), SAHARA SALEEMAH (331,5 pontos) e OMAN SAHARA (328 pontos).

“Essa é, sem dúvida, uma das mais importantes competições Halter do Brasil e o grande momento para que os criadores mostrem toda qualidade de seus cavalos de sangue árabe. Felizmente, desta vez, chegamos lá, e agora o Haras Sahara faz parte da galeria dos grandes campeões”, comemorou Salim Mattar.

O segundo lugar ficou para Rodrigo Foz Forte, do Haras Santo Antônio da Bela Vista, de Itapetininga (SP), que somou 987,5 pontos; a terceira colocação para a Agropecuária Leopoldino, Haras Canaã, de São Carlos (SP), com 982,5 pontos.

E pelo Premium Cup, o lugar mais alto do pódio ficou para a potranca ALMA HVP, animal pertencente ao criador e expositor Agropecuária Vila dos Pinheiros, de Indaiatuba (SP) que alcançou o total de 332 pontos ficando com o troféu de ouro e encabeçando a lista Top Ten do Breeder´s Cup 2014. A segunda colocação ficou para DIVA HBV (331,5 pontos) pertencente ao criador e expositor Luciano Cury, do Haras Boa Vista, de Sapucaí Mirim (MG) e a terceira posição com SAHARA ANGEL (331,5 pontos), do criador e expositor Haras Sahara, de Matozinhos (MG).

Já pela Exposição Internacional, a Campeã foi a potranca VIC VUL DO DIVINO, de 22 meses, pertencente ao criador Ricardo Conrado Mesquita, do Haras Divino, de Avaré (SP).

“Essa Campeã é criação nacional, filha de VULCANO HVP com RHONA RACH. Ela é um exemplo de que um pequeno criador também pode ter grandes conquistas. Mais um orgulho de termos um produto nacional com a maior pontuação do Cavalo Árabe da Exposição de Avaré de 2014”, destacou feliz da vida Ricardo Mesquita.

Na Prova Halter com Batom, que cada vez mais vem ampliando a participação de mulheres em provas com o cavalo árabe, o destaque ficou por conta da amazonas Lavínia Ferraz Crispim, que conduziu em pista a potranca GLORIOSA HVP, sagrando-se campeã.

“Foi uma grande sensação para mim. Realmente, uma emoção muito forte. Treinei muito para isso. Desde o início do ano me dediquei para conseguir fazer o meu melhor. Já havia conquistado outras colocações, mas este é o meu primeiro troféu de primeiro lugar e também a minha estreia em prêmios em Avaré”, festeja Lavínia.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), Fábio Amorosino, a Exposição de Avaré comprovou mais uma vez sua importância para a raça, além de premiar criadores de todos os perfis e também Haras de diferentes localidades, comprovando que o nível e a qualidade do cavalo árabe estão numa ascensão forte em todas as partes do Brasil.

A Exposição Internacional é uma realização da ABCCA e outras informações sobre demais resultados nas participações do Cavalo Árabe em Avaré podem ser obtidas pelo site:www.abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744.









Alexandre Franco

STAPress

(11) 3039-4115 (11) 99620-9408















03-09-2014 --- ExpoBrasília 2014 terá o brilho das Provas do Cavalo Árabe
ExpoBrasília 2014 terá o brilho das Provas do Cavalo Árabe
O Cavalo Árabe marca presença importante na programação da Exposição Agropecuária de Brasília, com a 34ª Expo Brasil Central do Cavalo Árabe, no dia 6 de setembro, com provas de conformação e trabalho que serão realizadas no Parque de Exposições da Granja do Torto, na Capital Federal (DF).
E também as atividades programadas se estenderão para as Provas promovidas pela ANCAF – Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional que prepara em conjunto com a Associação dos Criadores do Cavalo Árabe de Brasília e entorno provas de 3 Tambores onde participarão pelo menos 20 inscritos, entre cavaleiros iniciantes, categoria cavaleiro amador e cavalos estreantes que disputarão pela primeira vez provas da ANCAF.
Para estas provas, o presidente da Associação dos Criadores do Cavalo Árabe de Brasília e entorno, Newton Sabaraense, informa que serão distribuídos um total de R$ 15 mil em premiações entre os vencedores do conjunto cavalo e cavaleiro do 1º lugar ao 5º lugar nas provas de 3 Tambores.
“Realmente estamos em grande expectativa por Brasília seguir com este importante evento de modo a incentivar o cavalo árabe a expor toda a sua performance como um cavalo atleta de exuberante funcionalidade”, diz Sabaraense.
De acordo com o presidente do Núcleo de Brasília, a expectativa é de provas disputadíssimas e que destacarão todo o porte, força, beleza e velocidade do Cavalo Árabe na pista de competição.
“Sem dúvida, um evento de relevância para a raça e também para criadores e expositores que continuam a prestigiar e trabalhar para o fortalecimento do Cavalo Árabe aqui no Brasil Central”, destaca Sabaraense.
Os trabalhos de julgamento deste ano ficarão a cargo de Mário Drago Ferreira Braga, do Rio de Janeiro e toda a programação conta com o apoio da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA).
Mais informações podem ser obtidas no site: www.abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744.

Obrigado.
Alexandre Franco
STA Press/Texto Com.
Telefones (11) 3039-4115 / (11) 9962 09408

03-09-2014 --- Associação Gaúcha do Cavalo Árabe

Associação Gaúcha do Cavalo Árabe consagra seus novos campeões durante a Expointer 2014

Em mais uma emocionante etapa da programação pela Associação Gaúcha do Cavalo Árabe (AGCA) nesta segunda-feira foi realizada a COPA AVERT CROSS COUNTRY da raça Árabe, no Parque de Exposição Assis Brasil, em Esteio (RS) durante a Expointer 2014.
Disputa emocionante que teve como vencedor o cavaleiro Odilon Camargo Júnior, montando Prates Raissa, do Referencial Centro Equestre, de Guaíba. Na segunda colocação o destaque foi para a dupla Fernanda Prates Camargo e MN Hale, pertencentes à mesma propriedade. A terceira colocação ficou com Cristian Moreira, do Haras Manaíra, de Gravataí.
As provas funcionais da raça prosseguiram nesta terça-feira (2/9) com a disputa de seis balizas, em mais uma grande exibição destacando toda funcionalidade do Cavalo Árabe e em provas com a chancela da Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional – ANCAF.
Na modalidade Halter Morfologia, realizada no domingo, sagrou-se o Grande Campeão da Expointer 2014 o cavalo VH Albarracin, do Haras Velate, de Osório (RS), que venceu seu pai, o veterano de 11 anos Memnon Ranh, do Haras Jacovas, também de Osório (RS).
“É um animal que tem tudo certo no lugar certo. Um animal de absoluto equilíbrio”, pontuou o jurado Reinaldo Rocha Leão, com experiência de 25 anos na avaliação do Árabe em pista e que veio especialmente de São Paulo, para avaliar a raça em Esteio.
Neste ano, o julgamento do Cavalo Árabe foi feito pelo somatório de pontos em seis quesitos, o que ampliou o tempo da prova, mas que, por outro lado, permitiu nivelar os animais a padrões internacionais. “O Árabe existe em todo o mundo, por isso estamos universalizando os resultados assim como se faz na Europa e nos Estados Unidos. É mais didático”, explicou Leão, que também enfatizou que o sistema é de grande auxílio para que os criadores possam fazer os ajustes necessários.
A vitória de VH Albarracin trouxe grande entusiasmo para a criadora Carmen Reyer Martin, nascida na Espanha e há apenas seis anos radicada no Rio Grande do Sul, onde iniciou seu criatório. “Estamos começando a colher os primeiros resultados da criação própria”, comemorou. O vencedor VH Albarracin também já brilhou em outros grandes prêmios, como em 2011, quando foi campeão potro da Expointer e, em 2012, ao conquistar o troféu de campeão potro da Copa de Criadores do Brasil.
O criador José Antônio Jacovas, que levou o título de reservado com Memnon Rach, disse que o resultado do julgamento veio consagrar a genética do haras, que também conquistou o grande campeonato entre as fêmeas com Lumiar Thibetana.
Na prova, participaram ao todo 45 animais de 16 criadores que trouxeram o melhor do Cavalo Árabe para a Exposição.
Provas 3 tambores - Já pelo Campeonato Nacional de Três Tambores da Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional (Ancaf) 30 duplas disputaram as provas no fim de semana, sendo que o grande campeão geral foi Mauri Fonseca, montando Star Magic, do Haras Shunkawakhan, de Porto Alegre. Em segundo lugar ficou Fabiane Pacheco Prates, montando Prates Kyara, do Referencial Centro Equestre, de Guaíba.
Conforme destacou Leonardo Lamachia, presidente da Associação Gaúcha do Cavalo Árabe (AGCA), o ambiente familiar é a tônica das competições, que contaram com até três gerações de cavaleiros, todos da mesma família, demostrando o quanto o cavalo Árabe agrega esse ambiente vibrante e cheio de emoção e conciliado aos amistosos elos familiares.
Mais informações sobre a programação do Cavalo Árabe durante a Expointer podem ser obtidas no site: www.agca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744 sede da ABCCA.

Alexandre Franco
STAPress Comunicação
(11) 3039-4115/ 9962 09408

01-09-2014 --- Provas e julgamentos do Cavalo Árabe fortificam programação da Expointer 2014
Provas e julgamentos do Cavalo Árabe fortificam programação da Expointer 2014

Provas válidas pelo Campeonato Nacional de 3 Tambores pela Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional (ANCAF) abriram neste fim de semana as atividades em torno da raça que integram a programação da Expointer 2014, em Esteio (RS).
Para este campeonato haverá premiação total de R$ 15 mil que será distribuída ao campeão e vice de cada categoria, sendo que os 10 melhores tempos de todas as categorias poderão participar a um prêmio extra. E, logo mais ao final de tarde do sábado, às 18 horas, haverá o 2º Leilão de Coberturas Filhos do Pampa, na Casa do Cavalo Árabe, anexa ao Parque de Exposições Assis Brasil.
No domingo, o Cavalo Árabe entrou em pista com todo o seu encanto, com o julgamento morfológico, na pista central. E conforme destacou Leonardo Lamachia, presidente da Associação Gaúcha de Cavalo Árabe (AGCA) na competição deste ano, a AGCA trouxe o juiz Reinaldo Rocha Leão, com atuação desde 1982 em julgamentos Nacionais e Internacionais.
As provas funcionais do Cavalo Árabe prosseguem durante toda a próxima semana sendo que na segunda feira será a vez da Copa Avert Cross Country, a partir das 14 horas, na terça, no mesmo horário, serão realizadas as provas de seis balizas.
Já no dia 03 de setembro, quarta feira, começam as provas femininas pela Copa Haras Jacovas com modalidades emocionantes e agraciadas de muita beleza e força pela participação da mulher gaúcha.
Outro destaque da programação será na sexta-feira com as provas dos 3 Tambores e no sábado (06.09) com a Copa Nex Group Rédea Nacional, prova feita em espelho e que promete muitas emoções ao público.
A entrega de prêmios será feita no sábado à noite, a partir das 19 horas, com a família do Cavalo Árabe se reunindo na Pista B para esse grande momento de celebração. E no domingo, fechando a programação, será realizada a Prova S10 Chevrolet que terá carro e cavalo turbinado as pistas da Expointer em competição inusitada e vibrante.
“As provas e julgamentos válidos pela programação do Cavalo Árabe acontecem de 30 de agosto a 07 de setembro, com expositores, criadores e competidores prestigiando mais este belíssimo evento realizado pela Associação Gaúcha do Cavalo Árabe que além de oferecer provas emocionantes, confraternizações especiais e premiações, também proporcionará um ambiente de muita hospitalidade e amizade”, destaca Lamachia.
Mais informações sobre a programação do Cavalo Árabe na Expointer podem ser obtidas no site: www.agca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744 sede da ABCCA.

Abraço,
Alexandre Franco
STA Press/Texto Com.
Telefones (11) 3039-4115 / (11) 99620-9408

28-08-2014 --- Puro Sangue Lusitano
Montado há cerca de 500 anos, o mais antigo cavalo de sela do Mundo chega ao limiar do século XXI reconquistado o esplendor de há dois mil anos, quando Gregos e Romanos o reconheceram como o melhor cavalo de sela da antiguidade.

Cavalo de «sangue quente» como o Puro Sangue Inglês e o Puro Sangue Árabe, o Puro Sangue Lusitano é o produto de uma selecção de milhares de anos, o que lhe garante uma «empatia» com o cavaleiro superior a qualquer raça moderna.



Seleccionado como cavalo de raça e de combate ao longo dos séculos, é um cavalo versátil, cuja docilidade, agilidade e coragem lhe permitem hoje competir em quase todas as modalidades do moderno desporto equestre, confrontando-se com os melhores especialistas.



No limiar do ano 2000 o Puro Sangue Lusitano volta a ser procurado como montada de desporto e de lazer e como reprodutor pelas suas raras qualidades de carácter e antiguidade genética.”



In Catálogo 2001 da Associação Portuguesa de Criadores de Cavalo Puro Sangue Lusitano



(Magníficos Exemplares da Raça Lusitana da Coudelaria Internacional Gosto Equino)







--------------------------------------------------------------------------------
Históricas Coudelarias


Em Portugal, além das coudelarias particulares, formou-se em 1658, na regência de D. Luísa Gusmão, uma Coudelaria Real, na Serra de Sintra.



Em 1557 é fundada a Coudelaria de Portel que, em 1748, transita para Alter. Para esta Coudelaria de Alter, fundada em 1751, foram importadas de Espanha 221 fêmeas, mais 10 éguas com ferros Espanhóes, que vieram de Mafra e, ainda, 6 compradas em Vila Viçosa que, junto às 261 vindas de Portel, perfaziam o total de 498, que foi o núcleo inicial desta coudelaria. Hoje, todos os cavalos da Escola Portuguesa de Arte Equestre são oriundos desta coudelaria. O Potril de Azambuja era um prolongamento da Coudelaria de Alter, para onde eram enviados os poldros depois da desmama. O rei D. Miguel, além de uma raça de cavalos malhados, que possuía em Salvaterra, tinha também uma coudelaria em Azinhaga, que mais tarde foi vendida a Rafael José da Cunha, dando origem às Coudelarias “Veiga” e “Infante Câmara”. Actualmente mantêm-se as coudelarias de Alter Real, tendo sido seleccionada no sentido da cor castanha e da alta-escola, a Coudelaria Nacional da Fonte-Boa, descendente sobretudo da mistura da linha castanha e da linha ruça, importadas da Andaluzia nos finais do séc. XIX e principio do séc. XX, com aptidão para a atrelagem desportiva.



A linhagem Andrade, com origem em éguas e garanhões espanhóis, que a partir da década de 70, e com o garanhão “Martini” e com um programa de consaguinidade mais apertada, se conseguiu obter uma linhagem com características guerreiras. A linhagem Veiga, a verdadeira linhagem Lusitana, o verdadeiro cavalo “Filho do Vento”, descendente das antigas éguas, filhas de Podarge, e Neptuno, dos cavalos de Aquiles, Xanto e Balios, nascidos e criados na zona de Elasippos, filho de Poseidon (Neptuno) e donde deriva a palavra Olisipo, hoje Lisboa.



Serrão Faria, antigo criador, primeiro director de “stud-book” do Cavalo Lusitano.

28-08-02014 --- Esteio sedia Congresso Brasileiro Laço Comprido
Esteio sedia Congresso Brasileiro Laço Comprido
do cavalo Quarto de Milha
O Núcleo Sul de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (NSQM) promoverá nos dias 5 e 6 de setembro, o 7º Congresso Brasileiro Laço Compridoda raça, durante a Expointer, em Esteio (RS). O Congresso, que é um evento oficial da Associação Brasileira de Criadores Cavalo Quarto de Milha (ABQM), realizará provas de Conformação; de Laço Técnico e Laço Comprido nas categorias Aberto, Amador, Feminino e Jovem; a final do Campeonato Gaúcho e a sexta edição do Leilão Quarter Sul.
Segundo o presidente do Núcleo Sul, Adão Jorge Tessmann, o evento desse ano promete superar em 10% o número de inscritos da edição passada, que fechou em 518 conjuntos. Dia 4 de setembro é o prazo final para as inscrições desse ano. Tessmann explica que a raça tem crescido vertiginosamente na região e o Núcleo já começa a receber pedidos de aumento no número de modalidades realizadas ao longo do ano.
Ele conta que há grupos de Team Roping e Tambor se organizando e que vêm solicitando provas nessas modalidades. Houve também uma grande demanda para os julgamentos de Conformação, o que demonstra a nova fase que o Quarto de Milha tem vivido no Sul do país. “Nossos criadores e proprietários têm investido em genética e em profissionalização, além de estarem preocupados com a apresentação dos animais e o desenvolvimento da raça na região”, explica Tessmann.
Incentivo
Esse ano R$ 130 mil em premiação serão distribuídos entre os vencedores. O Núcleo Sul também promoverá duas provas de incentivo ao esporte quartista: o Laço Incentivo Quarto de Milha em Dupla e o Laço Criador/Proprietário. Na primeira, a dupla tem que ser obrigatoriamente formada por um profissional da classe Aberta e um da classe Amador.
Já na segunda, o competidor tem que ser Criador e Proprietário. “Antes exigíamos apenas que o competidor fosse proprietário. Percebemos que havia muito espaço para os jovens, mas os mais velhos ficaram de fora com regra. Exigir que o competidor seja ao mesmo tempo criador e proprietário incentivou a presença de quartistas seniores e equilibrou as participações nas provas”, explica a exigência Tessmann.
Faturamento
Para essa sexta edição do Leilão Quarter Sul, a diretoria do Núcleo Sul está otimista. Com o mercado Quarto de Milha em alta, Adão Tessmann acredita que o leilão chegará ao faturamento de R$ 20 mil de média, se aproximando do índice nacional que é de uma média de R$ 28 mil. “Quando começamos com o leilão, os valores médios não passavam de R$ 10 mil. Em 2013, chegamos a R$ 18 mil e continuamos crescendo. A expectativa é boa para esse remate”, comemora Tessmann.

O QM no Rio Grande do Sul
Plantel de 18.234 animais
3.348 mil proprietários
1.564 criadores
341 associados da ABQM

Sobre a ABQM – Fundada em 1969, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) reúne hoje mais de 83 mil proprietários e criadores de cavalos da raça. Quarto de Milha é hoje a raça equina mais difundida no Brasil, com uma tropa de cerca de 440 mil animais registrados. No mundo, ele corresponde por 52% de toda a tropa equina. Considerado o “cavalo da família”, o Quarto de Milha se destaca pela sua versatilidade (participa de competições equestres em 20 modalidades diferentes) e docilidade (em algumas modalidades participam crianças com idade a partir de cinco anos).

Serviço
Evento: 7º Campeonato Nacional Laço Comprido do Cavalo Quarto de Milha
Data: 5 e 6 de setembro
Local: Parque Assis Brasil, em Esteio (RS)
Realizador: Núcleo Sul de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (NSQM) e Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM)

Creditar fotos em anexo como: Fábio Cabrera/ABQM
Foto 1: Adão Tessmann, presidente NSQM
Foto 2: Prova de Laço feminino

14-08-2014 --- Monte Aprazível Rodeio Festival realiza etapa da Ekip Rozeta
Monte Aprazível Rodeio Festival realiza etapa da Ekip Rozeta
Entre os dias 13 e 16 de Agosto, o município de Monte Aprazível (SP), realiza o Monte Aprazível Rodeio Festival, com montarias em touros, prova dos Três Tambores e show musicais.
O rodeio é uma realização do Clube dos 22, presidido por Fábio Miguel, e Vice Eloy. O diretor do rodeio é Romulo Cury. O evento tem o apoio da Prefeitura e Câmara Municipal de Monte Aprazível.
A locução será de Umberto Jr, Douglas Moraes e Della Morena. Locução Comercial de Edgar Vicente. Comentários de Enrique Moraes ( Quarta) e Eugênio José (todos os dias).
As boiadas serão da Cia Paulo Emílio, Clase A, BRB Confina, TPQ, João Eduardo e Sem Limites.
Os Salva-Vidas serão Túlio, Lamark e Duda.
A sonorização será da Cia Paulo Emílio de São José do Rio Preto. Sistema de Imagens Lanzoni.
Os juízes serão Leonardo Camargo, Joel Marques e Eliandro de Carvalho.
Na arena uma etapa da Ekip Rozeta, campeonato que vem conquistando seu espaço no Brasil e se mostrado um grande revelador de competidores.
Na programação musical, Pedro Henrique & Fernando e Gustavo Mioto 13, Mato Grosso & Mathias 14, Cristiano Araújo 15 e João Bosco & Vinícius no sábado 16 encerramento da festa.
Os dois primeiros dias quarta e quinta-feira será com entrada franca.
Horários, pontos de vendas, preço de ingresso você encontra no site www.monteaprazivelrodeio.com.br
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br

14-08-2014 --- VI Exposição Ouro de Minas e Open House do Cavalo Árabe: de 15 a 17 de agosto, em Araxá (MG)
CAVALO ÁRABE

VI Exposição Ouro de Minas e Open House do Cavalo Árabe: de 15 a 17 de agosto, em Araxá (MG)
Campeãs nacionais, garanhões importantes da raça Árabe e matrizes de destaque são as atrações principais da VI Exposição Ouro de Minas do Cavalo Árabe e do V Open House Haras Cruzeiro, programados para 15 a 17 de agosto de 2014, no Tauá Grande Hotel, em Araxá (MG).
A programação dos eventos inclui provas de Performance e Conformação, sob o comando de Pierluigi Rota, com o Open House do Haras Cruzeiro, de propriedade de Leandro Aguiar, no sábado, dia 17 de agosto.
Para João Oscar Guardia, do Núcleo de Criadores do Cavalo Árabe de Araxá, a expectativa é de bom número de conjuntos de qualidade, que representam bem o atual nível da criação do Árabe no Brasil.
“Podemos destacar o número significativo de animais inscritos, cavaleiros e amazonas, além de parceiros e amigos aguardados para participar, visitar e prestigiar este evento, organizado com todo o cuidado e muito carinho pela família Aguiar e seus colaboradores. Com as modalidades de conformação confirmadas, a categoria Halter com batom premiará com troféus os principais destaques femininos”, informa Guardia.
Ele destaca, ainda, as provas de cavalos montados realizadas em parceria com a ANCAF (Associação Nacional do Cavalo Árabe Funcional), iniciativa que proporciona fomento para a raça no Sul de Minas, que “se configura como um dos grandes destaques na criação de cavalos Árabes no Brasil”.
Mais informações sobre as provas de Araxá podem ser obtidas no site da Associação Brasileira dos Criadores do Cavalo Árabe (ABCCA), no site: www.abcca.com.br


ALEXANDRE FRANCO
(11) 95446-2199

03-08-2014 --- Provas do Cavalo Árabe valorizam programação da ExpoCuiabá,dias 2 e 3/Ago
Provas do Cavalo Árabe valorizam programação da ExpoCuiabá,dias 2 e 3/Ago

O circuito de provas de conformação do Cavalo Árabe movimenta as mais diversas regiões do País e, desta vez, o palco será o Parque de Exposições de Cuiabá (MT), durante a ExpoCuiabá, nos dias 02 e 03 de agosto.
O presidente da Associação dos Criadores de Cavalo Árabe (ACCA) de Mato Grosso, Luiz Gonzaga Malpici S. Filho, informa que na programação estão incluídas as apresentações de Halter (conformação) e Performance.
A expectativa é que em torno de 30 animais participem das provas. De acordo com o presidente da ACCA-MT, “a cada nova competição fica evidente a qualidade dos animais e seu desempenho em pista, o que atrai novos criadores para o Cavalo Árabe”.
Completando a programação do Cavalo Árabe, na noite de 02 de agosto (sábado) será realizada o 3º Open House, fechando o evento com confraternização entre criadores, tratadores, cavaleiros e familiares, numa realização do Haras e Estância Agro Dog.
Programação:
Dia 30/07 (quarta-feira) - Entrada dos animais.
Dia 02/08 (sábado) - Julgamento da raça a partir das 9 horas. / 3º Open House (20h30).
Dia 03/08 (domingo) - Saída dos animais.
Mais informações sobre o Cavalo Árabe no site www.abcca.com.br ou pelo telefone (11) 3674-1744.

03-08-2014 --- Cavalos-atletas Quartos de Milha recebem microchip em campeonato da raça
Cavalos-atletas Quartos de Milha recebem microchip em campeonato da raça

A Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) deu início à chipagem dos cavalos da raça que competem em suas provas. Os primeiros microchips foram implantados esta manhã (23), no parque de exposições de Avaré, onde está sendo realizado o 37º Campeonato Nacional de Conformação e Trabalho do Quarto de Milha. Durante o evento, que segue até o dia 27, os primeiros 400 animais receberão o dispositivo. A partir de 2015, será obrigatória a implantação de chip para todos os cavalos já no Congresso Brasileiro que será realizado em abril.

De acordo com o superintendente técnico da ABQM, Daniel Costardi, o procedimento é simples e rápido. Durante o evento, o criador ou proprietário solicita a implantação do Chip no estande do Stud Book da ABQM, com um custo de R$ 40 por animal, e encaminha os cavalos para a área de chipagem localizada ao lado da recepção dos animais.

Em menos de um minuto um médico veterinário implanta o dispositivo no pescoço do animal, com aplicação intramuscular, logo abaixo da crina (no ligamento nucal), com a ajuda de um aplicador. O Chip é do tamanho de um grão de arroz e não causa efeitos colaterais. O código de barras presente no chip é único, vinculado ao número do registro na ABQM e a todo o histórico do animal (nome, idade, filiação, características de conformação física, dentre outras informações).

Das próximas vezes que o cavalo chipado der entrada em um evento ABQM a equipe fará a leitura do chip com um scanner de mão e a identificação será imediata. "Daremos agilidade ao processo de identificação na recepção dos animais e na conferência do cavalo antes de entrar em pista para as provas. No futuro o chip também será utilizado para garantia de registro genealógico de cada Quarto de Milha do país", detalha Costardi.

A microchipagem já vem sendo utilizada no país para animais domésticos. Futuramente pretende-se que o método substitua identificações como marca a fogo, a frio e tatuagem. Em alguns países a implantação de chips em rebanhos e planteis é obrigatória. N¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬o Brasil, a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) também tornou obrigatória, desde 2010, a microchipagem para todos os animais participantes de concursos nacionais e campeonatos brasileiros.

Serviço
Evento: 37º Campeonato Nacional do Cavalo Quarto de Milha
Data: até 27 de julho
Local: Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel, em Avaré (SP)
Realizador: Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM)

Informação à Imprensa

03-06-2014 --- Crianças participam de provas de Quarto de Milh
Crianças participam de provas de Quarto de Milha e garantem a sucessão familiar no segmento
O juiz dá o sinal e lá vai Hugo de Biasi Cabrera, montado em sua égua Conquista Rebell Jay, laçar o boi que corre para o meio da pista. Pouco antes, o garoto de apenas 11 anos se concentrava olhando para um ponto perdido no horizonte segurando firme as rédeas de sua montaria. Com a seriedade de um atleta adulto, Hugo completa a prova, e tão bem que recebe a fivela de campeão da modalidade Laço Cabeça até 13 anos, do 37º Campeonato Nacional Conformação e Trabalho do Cavalo Quarto de Milha, que está sendo realizado em Avaré (SP).
Hugo começou a montar há pouco mais de um ano em Novo Horizonte (SP). Viu um amigo laçando e descobriu que gostava da modalidade. De lá para cá, treina três vezes por semana e já acumula premiações nos eventos oficiais da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM). O pai, Sandro Cabrera não monta e nem cria Quartos de Milha, mas é o maior incentivador do filho e o acompanha em cada prova.
Benefícios
"Disciplina, organização, educação. Tudo melhorou depois que Hugo começou a montar", diz entusiasmado o pai ao explicar as vantagens do esporte equestre para crianças e adolescentes. Nas provas, o garoto aprende a lidar com a concorrência, com a pressão, a controlar o medo, aprende a ser campeão, mas também encontra formas de encarar a derrota e a frustração. "É uma escola de vida completa", explica o instrutor de Hugo, Márcio Pereira Ramazzini que está no ramo há 20 anos.
O instrutor também treina o falante Lucas Castilho, que tem 12 anos de idade, e competindo com Astro Cardenal Boy está classificado para a 8ª Copa dos Campeões Conformação e Trabalho que será realizada pela ABQM, em outubro, também em Avaré (SP). Lucas vem de uma família Quartista e a paixão pelo cavalo já está no sangue. Começou competindo provas de Três Tambores, mas como ele próprio diz "enjoou" e acabou se adaptando melhor ao Laço que é "muito mais legal".
Falando feito gente grande, Lucas conta a dificuldade que é entrar na pista para competir. "Dá medo, um frio na barriga. A gente pensa que não vai conseguir laçar, é muita pressão. Por isso que eu treino de três a quatro vezes por semana". O garoto, como todo bom competidor, também não esquece de destacar as qualidades de seu melhor companheiro, o cavalo Astro. "Ele é calmo no brete, manso, aprende rápido e é muito esperto".
Para que as competição para crianças, adolescentes e jovens tivessem mais uniformidade, a categoria foi dividida em A para competidores até 13 anos e B de 14 a 18 anos. Os pequenos atletas aprovaram a mudança. "Agora eu concorro com cavaleiros da mesma idade. É mais justo", comemora Hugo de Biasi.

Serviço
Evento: 37º Campeonato Nacional Conformação e Trabalho do Cavalo Quarto de Milha
Data: até 27 de julho
Local: Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel, em Avaré (SP)
Realizador: Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM)

Legendas fotos:
Creditar como: Divulgação ABQM
Foto 1 - Hugo de Biasi, o pai Sandro (camisa azul) e o treinador Márcio Ramazzini no momento da premiação
Foto 2 - Lucas Castilho montado em seu cavalo Astro Cardenal Boy

22-07-2014 --- A Mieloencefalite
Resumo:



A Mieloencefalite Protozoária Equina (EPM), mais popularmente conhecida como Bambeira, é uma doença neurológica causada pelo agente Sarcocystis neurona, um protozoário transmitido principalmente pelo seu hospedeiro definitivo, o gambá. Esta enfermidade tem como sinais clínicos a incoordenação motora, fraqueza muscular, atrofia muscular, paralisia dos nervos cranianos, porém os sintomas podem variar de acordo com a localização das lesões causadas pelo agente biológico. O diagnóstico consiste em um exame meticuloso para observação da coordenação motora do animal e confirmação a partir do exame "Western Blot" do liquor. O tratamento é realizado com anticoccidianos, antiinflamatórios, analgésicos e vitaminas. A melhor prevenção que há é a restrição dos hospedeiros definitivos aos alimentos e água dos equinos.

22-07-2014 --- O dia-a-dia do bem-estar animal em um campeonato de Quarto de Milha
O dia-a-dia do bem-estar animal em um
campeonato de Quarto de Milha
Nos eventos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM) no país, o bem-estar animal se tornou tema de primeira ordem. Tanto que a Associação instituiu a função de Inspetor de Bem-Estar animal. A equipe de reportagem da ABQM acompanhou um dia na rotina de um inspetor e conta como o trabalho tem garantido o cumprimento de todas as regras que constam no Regulamento Bem-Estar animal da ABQM.
Pelas lentes da câmera fotográfica de Roger Clark nenhum detalhe passa despercebido. Não, Roger não é repórter fotográfico na cobertura do 37º Campeonato Nacional Conformação e Trabalho do Cavalo Quarto de Milha, em Avaré (SP). Ele é inspetor de bem-estar animal da ABQM e sua missão é garantir o cumprimento de todos os itens presentes no regulamento de bem-estar animal da Associação.
Durante todo o dia, Roger roda o Parque de Exposições Dr. Fernando Cruz Pimentel, onde o evento segue até o próximo domingo (27), e vistoria todas as instalações onde cavalos e bois estejam presentes. Do desembarque dos animais que chegam para as competições, passando pelas baias, currais de bois, áreas de aquecimento e pistas de provas, nenhum local fica sem receber a visita dos olhos atentos de Roger.
"Queremos garantir que os animais envolvidos nos eventos da ABQM tenham condições favoráveis de manejo. Observamos tudo, da alimentação ao controle do estresse animal. Se houver excessos o criador ou proprietário pode ser punido com advertência, suspensão da competição ou exclusão do quadro de associados da ABQM", explica o inspetor. No balanço final, tudo é formatado em um relatório que demonstra a evolução do cumprimento das normas.
Equipe atenta
Se encontra alguma inconformidade, o inspetor orienta e notifica o competidor ou tratador. E a coordenação do evento é informada do fato para as devidas providências. Durante todo o campeonato, os olhos de Roger são multiplicados por 23, número de juízes que estão trabalhando no evento desse ano. Apesar de não serem juízes de bem-estar animal todos observam se as normas estão sendo cumpridas. Os casos adversos são enviados à inspeção do bem-estar animal.
As regras valem para o trato com todos os animais que circulam pelo Parque; cavalos, bois e até os cães pastores que são trazidos pelas comitivas que acampam no local. De acordo com o superintendente geral da ABQM, Celso Minchillo, a função de inspetor de bem-estar animal foi instituída nos eventos da entidade durante o Congresso Brasileiro de Conformação e Trabalho realizado, em abril desse ano, e se tornou regra nos eventos oficiais da entidade.
"A ABQM já aplicava as regras de bem-estar em seus eventos, mas decidiu institucionalizar o tema, colocar as regras em um regulamento e criar uma função. Isso auxilia outros organizadores a terem um parâmetro para executar seus eventos", explica Minchillo. Ele dá o exemplo dos currais que abrigam os bois utilizados em provas de Trabalho, como Laço. São todos dimensionados para comportar, confortavelmente os animais, que recebem água, verde de boa qualidade e atenção de médicos veterinários durante todo o campeonato.
O número de bois alugados também é rigorosamente estudado para que cada animal seja laçado apenas duas vezes durante toda a execução do evento. Sem contar os equipamento de proteção que os animais portam durante as provas. Há ainda um hospital veterinário operando com 11 profissionais em plantão 24 horas. A unidade utiliza equipamentos de última geração que permitem diagnósticos imediatos.

22-07-2014 --- International Pro Rodeo realiza entre os dias 25 e 27 de julho em Atalaia (PR), uma etapa IPR Bulls.
A IPR – International Pro Rodeo realiza entre os dias 25 e 27 de julho em Atalaia (PR), uma etapa IPR Bulls.
O rodeio acontece durante o Atalaia Rodeio Festival, em comemoração aos 54 anos do município de Atalaia (PR).
Uma realização da Prefeitura e Câmara municipal de Atalaia (PR). O município tem aproximadamente quatro mil habitantes é governado por Fábio Fumagalli Vilhena de Paiva (PT), o ‘Fabinho’.
O presidente da festa é Carlos Eduardo Armelin Mariani, o “Duda”. Pelo segundo ano a IPR retorna a Atalaia que, também terá pelo segundo ano consecutivo os trabalhos do melhor locutor de rodeios do Brasil, Almir Cambra, tetra campeão do Troféu Arena de Ouro.
Os comentários serão de Hugo Andrade. Locução Comercial Francis Carlos. Julgamento de Florisvaldo Sartori e Ronaldo.
As boiadas serão CCP, Cia Rancho JR, Cia Rancho Montana e Cia 2 Poderes. Salva vidas: Catanduva, Piá, Carijó e Dinho. Assessoria Geral Elivandro Marques o “Tibaa”. Direção da etapa Valcedir Birtche o “Dici”
Animação de arena, Garoto Juca. Sonorização Bragato Som, sistema de imagens e iluminação Lelo Produções. Estrutura do evento Costa Jr. Show pirotécnico Mundial Fogos.
Entre os competidores está o atual líder da IPR Jackson Lamim, de Nova Itacolomi (PR). Presença garantida também de Diego Borges, de Santo Antônio do Aranguá (SP), atual campeão da IPR.
Haverá também a prova feminina dos Três Tambores, Laço em Dupla e Rodeio em Carneiros.
Na programação musical, Marcos & Belutti, 25, Jeann & Julio, 26 e Leo & Giba dia 27.
Informações pelo telefone (44) 9107-0687
Por Eugênio José – MTB: 67.231/SP
contato@eugeniojose.com.br